Arquivos da categoria: Conversando

CrisCast #17 – Desmistificando o Pensamento Positivo

Hoje é quarta, quarta é dia de Podcast no meu canal, o CrisCast.
Podcast é como uma postagem de rádio, uma gravação que compartilho na minha página no SoundCloud. Para ouvir, é só clicar no link abaixo:

https://soundcloud.com/cristina-bottallo/criscast-17-pensamento-positivo-ou-forca-que-vem-da-cabeca

Quantas vezes a gente escuta a máxima “acredite e você vai conseguir”, ou “pense positivo”?

Bem, nada contra ser otimista, naturalmente…
Mas algumas frases “lugar comum” da auto ajuda não querem dizer muita coisa. Eu pelo menos penso assim.
E é sobre isso que falo em meu CrisCast de hoje.

O que acho que funciona mesmo é a gente colocar nossa cabeça para funcionar, a nosso favor.

E como fazer isso?
Bem, eu falo mais no link acima, mas é basicamente um jogo de motivação.
Se nossas cabeças estão motivadas, elas vão nos ajudar a chegar lá, exatamente como a gente quer. O pensamento positivo é então, não uma “força mágica e energética”, ou algo externo. É apenas a gente jogando com a gente mesmo, um jogo de auto-estímulo.

E por falar em jogo, trouxe para ilustrar esse post imagens do meu Livro e Artista “Quebra-cabeça”, uma brincadeira com imagnes, formas e cores, que surgiu a partir da minha serigrafia “Elmo”, uma das primeiras que fiz, lá nos anos 80…

Revisitei essa gravura ano passado, e dessa última produção surgiram dois trabalhos diferentes, o livro de artista, com 3 exemplares em formato sanfona, que vêm dentro de uma caixa e o cartaz “Cabeça”, em duas opções de cores.


Uma semana depois…

Uma semana depois da maratona, primeiro domingo depois da prova, estou de volta ao Parque Ibirapuera, meu fiel companheiro de treinos. Mas, dessa vez, com minha bicicleta.

Ainda estou na semana de descanso, mas vontade até que não falta, confesso que foi duro voltar para o parque sem correr. Mas estou determinada a seguir as orientações do me treinador e me poupar, para evitar desgastes desnecessários. Vamos ver o que vem por aí…

Quando a gente faz um esforço assim, acima do normal, nosso corpo fica cheio de micro-lesões musculares. E é preciso um tempo para o organismo se recuperar, por isso é recomendando esse tempo de descanso.
Eu fique exatos 5 dias sem fazer nenhuma atividade física, o que pode parecer nada demais, e até meio bobo dizer, mas para quem está habituada a fazer exercícios físicos diariamente, há anos, ficar cinco dias parada é duro,
acredite!

Parece que o corpo da gente sente falta… E acho que sente mesmo, afinal, isso é resultado do condicionamento: estou condicionada a fazer atividades diárias.

A partir de amanhã voltarei a fazer academia e minhas práticas de yôga, e na semana seguinte, espero, volto a correr.
Ops, corrigindo… ontem recebi minha planilha de treinos para essa semana, e vou começar a correr amanhã, dia 20/06, 45 minutos na grama. Oba!

E para não perder o pique – ou não deixar a bola cair – como falei no meu CrisCast essa semana, já tenho novo objetivo: no final de julho quero fazer novamente a Meira Maratona (corrida de 21 km) que passa pelo Centro de São Paulo, Av. Paulista, Parque Ibirapuera e termina no centro de São Paulo.
Fiz essa corrida ano passado, e foi muito legal!

Já estou inscrita, e os treinos do próximo período serão para me recuperar da maratona e fazer muito bem a meia. 😀

Se você não ouviu meu CrisCast dessa semana ainda, ouça no link abaixo.

https://soundcloud.com/cristina-bottallo/criscast-16-para-nao-deixar-a-peteca-cair