Arquivos da categoria: Preto no Branco

Compartilhar Experiências

No meu CrisCast de hoje falo sobre a importância de manter contato com outros artistas e alternar momentos de trabalho solitário e a troca que cursos e grupos de estudos oferecem.

Nesse CrisCast falo de meu curso na Escola Miolo(s), e abaixo seguem os trabalhos que fiz até agora por lá:

IMG_3866
Todos juntos…

IMG_3854
Encadernação “Dos a Dos” Tripla, com desenho em pastel oleoso

IMG_3812
Encadernação tipo “corte e dobra” com monotipia feita com tinta tipográfica

IMG_3823

Zine com costura de serigrafias e recortes de revista. Essa serigrafia fiz faz quase 10 anos, e nunca tinha usado em um trabalho. Foi quase uma brincadeira, para aproveitar umas sobras de papel que eu tinha cortados nessa medida.
E não é que tem uma hora que aparece um projeto legal para ela? 😀

IMG_3763

IMG_3766
Mais “Dos a Dos”, que logo trarei em vídeo para meu canal no youtube.

IMG_3767
As monotipias que fizemos em um dos encontros.


E como andam os treinos?

Andam duros e cansativos, essa é a reposta mais direta e verdadeira que eu poderia dar.
Exatamente como todo mundo diz, os treinos é que são duros…

IMG_5522 (1)

Nas últimas semanas a intensidade dos treinos foi aumentando, e eu fui ficando com duas sensações: um cansaço meio constante e um pouco de aflição, uma certa sensação de medo, uma certa dúvida como companheira.
Será que eu vou conseguir?

Hoje meu longo foi de 21 km, exatamente a metade da distância de uma maratona.
Não é a distância mais longa que já fiz (cheguei a 31Km em 2013) e tampouco foi a melhor “meia”, como costumamos chamar as provas de 21 km. Já corri uma meia em 1h59, meu melhor tempo. Mas isso foi antes de me machucar, num tempo em que correr com dor não era certeza.

De todo modo, desde que resolvi encarar a sério os treinos para correr minha maratona, essa é a primeira vez que chego a 21 km desde outubro de 2016, quando fiz uma prova dessa distância com minha filha. Desde então meus longos não passavam de 16 km, em março passado corri 18 km por duas semanas seguidas, e semana passada fiz um longo de 20 km.

A corrida de hoje foi dura, e terminei com bastante dor. Mas eu sinto que estou melhorando, meus treinos durante a semana estão mais fortes, e volume total de corrida em cada semana está maior também. Acho que estou no caminho certo.

Essa semana passarei com meu médico de novo, e pretendo voltar a fazer fisioterapia, agora como uma terapia “preventiva”. A ideia é que eu não me machuque mais, e com isso, não volte atrás nos treinos.
Vamos ver…

Faltam 63 dias para minha maratona, ou 9 semanas. Serão mais 9 treinos longos, vamos ver até onde chego.
Certamente esse é o maior desafio físico pelo qual já passei, talvez até venha a ser o maior pelo qual passarei.
DESAFIO. Essa é a definição. Você é levado a ir em frente, mesmo sem as certezas de como será.
Apenas sei que quero conseguir. 😀