Arquivos da categoria: Eu e a Corrida

Semana de treinos

sol

Agora posso dizer que retomei a rotina de treinos após as férias. 😀
E a semana foi boa, mas não que tenha sido fácil.

No domingo passado eu fiz meu dia de descanso, aí comecei a semana:

– Segunda: Musculação por 1 hora na academia, exercícios em casa.
– Terça: Treino da planilha, fartlek, 10 km. Esse tipo de treino é um alterando com tempos iguais, e foi de 4′ Z2 (minha zona de treino de média intensidade) e 4′ na Z3 (um pouco mais intenso). Fiz também exercícios em casa e 1 h de yoga.
– Quarta: Musculação por 1 hora na academia, exercícios em casa.
– Quinta: Treino da planilha, de 11 km de corrida alternando subidas e corrida no plano. Nesse dia também fiz 1 hora de yoga e exercícios em casa, e acabei ficando bem cansada mesmo. Tive dificuldade para dormir, imagino que pelo cansaço.
– Sexta: Treino com treinador no parque. Foram exercícios educativos e tiros de 1 minuto no ritmo mais forte. Acabei correndo 7 Km. Nesse dia não fiz exercícios.
– Sábado 1 hora de bicicleta, que deu 18km. Fiz massagem.
– Domingo: Longo de 18 km, sendo 3 x 5 km Z2 + 1 Km na Z3. Fiz em 2 horas, e esse foi meu longo mais longo desse ano. Começamos a aumentar.

Depois dos longos no domingo sempre procuro descansar dormindo por 1 hora, ou 1 hora e meia. Acho fundamental para a recuperação, e as pernas agradecem!

E boa semana para nós! 😀


A realidade é dura…

17203762_1266440336744531_2060389796_n

Não gosto de fotos de pés. Ninguém gosta.

Tem um post famoso, com a foto de dois pés de uma bailarina com sapatilhas, as sapatilhas gastas, mas é até bonito… mostra que foram usadas.
E depois a foto dos mesmos pés sem as sapatilhas, tortos, machucados, cheio de bolhas.

Pensei nesse post quando fiz a foto acima, dos meus pés, ontem, após minha corrida.
Perto dos pés daquele post – o da bailarina – os meus até que estão inteiros: duas unhas roxas, uma unha levantando, uma bolha no dedão, outra na lateral do pé esquerdo. Tá bom, tá ótimo!

Mas é legal para a gente entender que sim, é um esforço. E dos grandes: em uma semana meus pés ficaram assim.

Essa semana corri o longo duas vezes, em 5 dias, porque nesse próximo domingo, dia em que faço os longos, não estarei em SP.

Foram 16km corridos no domingo, 10km na terça e mais 16km ontem, quinta, quando fiz a foto.
Corri 42 km em 3 dias, com intervalo de uma dia entre cada corrida. Isso é o começo dos meus treinos longos para a maratona.
E uma maratona são 42 km, os mesmos 42 km, só que corridos no mesmo dia, em 4h, 5 horas.

Sei lá como vou chegar lá. Dizem que os treinos são piores que a prova em si.
Não sei…

Já corri 31 km em 3h30, foi meu máximo. É duro, bem duro. Não sei como farei para chegar aos 42. Mas estou fazendo o possível para chegar lá.
E segue a vida. 😀