Conversando

Conversando sobre janeiro, de novo…

Hoje retomei as postagens diárias no blog do Clube de Artesanato, e queria compartilhar esse texto que fiz para o Editorial.
Falo de novo sobre o começo do ano…

É que hoje foi o dia de retomar o trabalho, e fez um dia tão lindo aqui em São Paulo… Um típico dia de verão, dia de janeiro.
E fiquei com essas coisas de início de ano na cabeça…

Uma ótima semana para vocês!

Casa arrumada, espaço para o que virá…

Acho que já comentei aqui com vocês como gosto dessa ideia do Ano Novo com suas possibilidades e promessas. E é por isso também que gosto tanto de janeiro, um mês tão generoso…
aneiro é o mês em que tudo cabe, em que tudo é possível…

E embora tenha plena consciência que essas datas são apenas convenções (afinal nada muda de uma hora para outra, simplesmente porque o ano do calendário mudou), acho bastante útil essa dinâmica de ciclos e períodos, que podem nos ajudar a organizar melhor nosso tempo e nossas coisas.

Começo de ano inspira programação e organização. Projetar o que queremos para esse novo ciclo que se inicia também pode ser útil para avaliarmos aquilo que já fizemos.

Gosto de começar o ano com um balanço geral do que foi feito no ano anterior, e esse balanço também serve para “arrumarmos as gavetas”. Quer ver um exemplo prático bem simples?

Se você também faz do artesanato seu negócio (não importando se ainda pequeno ou já bem estruturado), que tal fazer o fechamento das contas, anotando todas as entradas e todos os gastos que você teve com essa atividade, reunindo notas e recibos? Além de ter em mãos informações importantes sobre seu trabalho, você pode aproveitar e arrumar a papelada, arquivando os documentos do ano anterior e esvaziando as gavetas, para deixar bastante espaço livre para o que virá.

E em sua mesa de trabalho, como anda a “arrumação”?
Muitos projetos que você começou e não levou adiante? Então por que não guardá-los por um tempo, já que a inspiração não veio, e deixar a mesa desocupada para começar coisas novas?

Acredito muito no tempo certo para as coisas acontecerem, e muitas vezes simplesmente ainda não chegou o tempo de algumas delas. E acredite, você ainda irá se surpreender, daqui a alguns meses, quando finalmente conseguir finalizar esses trabalhos, com a facilidade que será realizar essa tarefa. É o tempo certo para as idéias amadurecerem.

Esvazie gavetas, arquive o que precisa ser guardado, guarde o que ainda será usado e jogue fora tudo que não serve mais. Limpe tudo, deixe espaço de sobra, deixe vazios para serem preenchidos.
O novo precisa de espaço, e isso vale para tudo em nossas vidas.
Não se ocupe mais com aquilo que não importa, fique apenas com o que de melhor virá.
E viva janeiro!

Cristina Bottallo

2 Comments

Deixe uma resposta para Cristina Bottallo Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *