Por que precisamos nos reinventar

rita
Rita Paiva e eu

Desde que a matéria com minha Nova Pintura Bauernmalerei saiu na última Edição da Revista Make (veja link ao lado), estou para escrever aqui, comentando o editorial que a Rita Paiva escreveu nessa edição.
Ele é muito bom!

E me senti ainda mais motivada quando vi um comentário postado aqui, por uma querida seguidora, perguntando por que resolvi fazer um um novo Bauernmalerei se o antigo é tão bonito.
Pois bem, vamos falar disso, então…

bauer
O antigo…

novo 3
E o novo.

Gostaria que todos lessem o editorial da Rita, que é mesmo muito bom e esclarecedor. Leiam, a revista Make está nas bancas, é linda e cheia de boas ideias e sugestões em várias modalidades de crafts.
Vou reproduzir aqui apenas algumas partes, para que o texto não fique longo demais:

“Nunca tivemos tantas formas de aprendizado à nossa disposição. São escolas profissionalizantes, de Arte, cursos livres, seminários… Muito conteúdo power em pequeno espaço de tempo.

Talvez eu não tenha a resposta exata para lhe dar, mas o que vemos são pessoas trabalhadoras se esforçando para criar algo diferente todo dia para agradar os clientes, alterando uma técnica, uma cor, uma forma, um pequeno detalhe para atualizar sua obra à linguagem dos dais atuais.
Para muitas pessoas isso pode parecer até agressivo. Como pensar em modificar uma obra-prima, originalmente tão brilhante e de tanto sucesso? Mas quando analisamos os grandes designers, os grandes pintores, escultores e artesãos renomados vemos que todos passaram por várias “fases” sem perder suas características.
Nesses nossos dias em que o tempo teima em passara cada vez mais rapidamente, se não formos criativos e usarmos a pitada de modernidade que a vida nos oferece, morreremos na praia.

Cristina Bottallo, amante da pintura Bauernmalerei alemã, acendeu os tons e providenciou bases mais moderninhas, como as grandes marcas inglesas e alemãs de objetos para decoração.
…”
Rita Paiva

Então, é por isso, gente, por isso temos que nos reinventar.
Nosso mundo é dinâmico, extremamente dinâmico, e muda com uma velocidade assustadora.
Quem ficar parado, vai ficar para trás.
Rever o que sabemos, recuperar nossos conhecimentos e aplicarmos em algo mais contemporâneo, mais adequado aos tempos atuais, não é apenas sinal de sabedoria e criatividade, é fundamental para assegurar nossa permanência nesse universo tão amplo.

Foi isso que busquei ao criar a Nova Pintura Bauernmalerei.
Não se trata de voltar as costas ao tudo que já foi feito e não olhar para trás. Ao contrário, é olhar para trás e projetar o que esse olhar nos traz de melhor cada vez mais para frente. Ir além, desafiar-se, sair da “acomodação” e quebrar mais barreiras.
Por isso precisamos nos reinventar, sempre. 😀

novo
E mais do novo…

novo 2
Aqui também mais do novo.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *