Pintura em Tela

E os meus murais

Com tanta notícia sobre murais, grafites e coisas assim aqui em São Paulo, me deu vontade de rever os murais que já pintei.

Eu pintei dois, mas na verdade nem sei se o último ainda existe. O primeiro, que está na foto abaixo e em mais fotos no link ao lado, sei que não existe mais, afinal a nossa casa, que ficava em Santo André e onde pintei o muro da fachada, com 3m x 7m nem existe mais, foi demolida.

Samsung
Samsung

Nessa casa, que era da minha família, eu morei dos 9 aos 19 anos, e depois, já casada e com filhos, de 1993 a 2008. Pintei esse mural no ano de 2003. Saudades…

Depois, em 2010, eu pintei um mural na parte interna do ateliê que tive entre os anos de 2010 e 2015, e que aparece na foto abaixo.
Ele ficava no quintal, então não dava para ver da rua. A casa era alugada, e está com outros inquilinos agora, nem sei se eles pintaram ou deixaram o mural ainda por lá…

Studio 3

Mas os murais têm isso, essa coisa de ser passageiro, e não perene…
Então a gente aceita, sem muito sofrimento.

O tempo vai levar, mas a memória mantém qualquer lembrança que valha a pena viva.
E aí a gente faz outro.
Já está dando vontade… 😉


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *