PINTURA BARROCA – 108

Olá a todos!

O post do dia foi feito em função do sucesso do post de Pintura Bauernmalerei Envelhecida. A pintura barroca é uma variação dessa técnica com algumas adaptações bem “abrasileiradas”, com cores mais vivas e motivos florais diferentes:


Caixa com pintura barroca

Nessa variação da pintura o efeito envelhecido é fundamental. Antigamente o único produto que poderia ser utilizado para essa finalidade era o betume, um verniz bem espesso e feito com piche (piche de asfalto), solúvel em águarrás, e portanto de secagem lenta e cheiro forte. Atualmente temos o Médium Envelhecedor na cor betume, que o substitui prefeitamente, com a vantagem de ser solúvel em água e não tem cheiro forte.

As cores mais fortes são típicas do barroco mineiro, estilo muito utilizado na decoração de igrejas, pinturas de santos e móveis no período pós colonial, em Minas Gerais e outras regiões de nosso país.

As rosas são as flores que mais aparecem nos motivos da pintura barroca (assim como no bauernmalerei também), mas as tulipas e margaridas estão sempre presentes também.


Detalhe da pintura

Eu utilizo as tintas acrílicas para esse tipo de pintura, embora já tenha trabalhado também com o PVA. A vantagem das acrílicas é que esse é um tipo de tinta muito mais resistente à ação do tempo e de umidade, além de não manchar (coisa que acontece com frequência com o PVA). Também acho as tintas PVA muito líquidas (ralas) para conseguir o efeito de maior volume na pintura dos motivos (floes).

Explico: para pintar o fundo das peças a tinta mais líquida é mais indicada, porque é mais fácil conseguir um acabamento uniforme com a tinta mais fluida, embora seja necessário aplicar mais demãos para obter uma boa cobertura. Já para pintar os motivos florais, se a tinta for muito rala, o efeito de volume da pincelada de carga dupla será pequeno, e não será muito realçado com o envelhecimento.

Carga dupla é quando pegamos duas cores ao mesmo tempo no pincel, uma cor em todo pincel – que é a cor específica da área que será pintada (o verde de uma folha, por exemplo) – e a outra cor, que em geral é o branco, que deve ser pego apenas na ponta do pincel e serve para dar o efeito de luz na pintura.


Detalhe da pintura

Na foto acima é possível ver em detalhe como as pinceladas do branco ficam em relevo, e que são realçadas com o envelhecimento.

O envelhecimento da pintura deve ser afeito apenas após secagem completa dos motivos por pelo menos 12 horas (eu sempre prefiro deixar por 24 horas). Para que a peça não fique escurecida demais, passe uma camada fina de cera em pasta incolor por toda peça antes do envelhecedor. Deixe secar por alguns minutos e passe o Médium Envelhecedor ligeiramente diluído com Gel Médium para Matizar (10% de gel, no máximo) com um pincel chato largo e de pêlos macios. Retire o excesso com um paninho e deixe secar bem, por algumas horas.

Após secagem completa lixe a peça com lixa para madeira n.22º e retire todo pó. O efeito envelhecido só é completo após o lixamento. E procure lixar a peça sempre na mesma direção, no sentido dos veios da madeira. Passe uma flanela limpa e seca para lustra a peça.

Só mais uma recomendação: as peças de madeira natural ficam muito mais bonitas que as peças de MDF nessa técnica, prefira utilizá-las.

Você gosta dessa técnica? Quer aprender mais? Conheça em meu site os produtos que ofereço, estão na página LOJA… Tenho um DVD e um kit com Guias de Pinceladas que facilitam muito o trabalho… www.cristinabottallo.com.br


DVD + Guias de Pinceladas

Beijos… e até amanhã!
Cristina


8 comentários sobre “PINTURA BARROCA – 108

  1. Olá, Cristina.
    Sei que não é aqui que devo postar, mas estou meio perdida. Fiz uma pergunta na sexta (ou sábado) sobre pintura de guarda roupa em mdf, e agora não acho onde postei!!!! Procurei em tudo e não achei. Por favor, vc poderia me mostrar aquele post novamente???

    Muito, muito obrigada,

    Márcia

  2. Sou apaixonadas pelo seu trabalho.Gostaria de saber como faço patina barroca mineira em cristalheira ,tenho uma e gostaria de fazer .

    Obrigada

    1. Olá, Gina, como vai? Obrigada pelos elogios ao meu trabalho!
      Em geral a pátina barroca é feita sobre madeira bruta, sem fundo ou pintura e são utilizadas duas ou mais cores, aplicadas entre camadas de cera e depois lixadas, como a pátina lixada. Dê mais uma olhada aqui no blog porque eu já postei outras técnicas de pátina por aqui. Beijos e bom trabalho.

  3. Boa noite Cristina, tudo ok?
    Vi alguns de seus trabalhos e assisti a uma aula Decolores, quero saber se há disponibilidade de Apostila para o Curso Bauer em todas as etapas, tenho interesse em fazê-lo treinando em casa.
    Caso seja possível, me envie valor e condições de pagamento.
    Aguardo retorno,
    desde já obrigada.

  4. Cristina, desculpe a minha falha, após envio de e-mail, percebi o endereço de seu site, vou verificar e entro em contato.
    Um abraço e obrigada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *