Outras Pinceladas,  Trabalhos em Papel

E mais sobre o caderno…

No post anterior eu mostrei um projeto do meu caderno de pesquisas e esboços, mas com um dos passarinhos mais antigos que desenhei por lá.

Hoje quero mostrar os passarinhos mais recentes que pintei, nesses últimos dias.

As últimas páginas do meu caderno

Esse caderno, como já falei, é o mais antigo que faço, e ele têm durado tanto porque, confesso, nunca fui muito organizada com relação a isso… rs. Explico: ao invés de usá-lo para fazer esboços, testes, rascunhos, eu ficava sempre esperando a “ideia perfeita” para registrar lá, e acabava usando o método clássico de fazer as anotações em folhas avulsas, que se perdem e espalham por aí. Grande erro meu. Hoje sei o quanto é gostoso finalizar um caderno, do jeito que for. Mas agora eu embalei, e logo espero terminá-lo. 😀

Na semana passada eu resolvi tirar umas tontas bem antigas do armário, e pintei uns caderninhos com uns gauches muito legais. Só que sobrou um pouco dos guaches na paleta, e fiquei com dó de deixá-los secar, então resolvi pintar dois retângulos, meio aleatoriamente, combinando algumas cores, em uma das páginas, e na outra, esfreguei a bandejinha descartável onde estavam os restinhos das tintas. Ficou assim:

Fundos pintados com sobras de tinta guache

O passo seguinte foi pintar os passarinhos. Sim, sempre eles, tema desse mês aqui em meu blog e nas redes.

Resolvi pintar bem rapidamente, sem pensar muito, utilizando outro conjunto de tintas que eu tinha há tempos, mas que usei muito pouco, umas acrílicas decorativas da Duncan. Eu não tenho muitas cores dessas tintas, e me faltou justo o amarelo, cor que gosto tanto de usar. Mas tinha uma metálica ouro bem claro, e acabei me virando com ela. 😉

O que eu gostei dessa experiência e devo aplicar e repetir:

  • Fazer os fundos assim, manchados, com restos de tinta. Vale super a pena, porque fica muito interessante, original e ainda por cima não há desperdício de material
  • Pintar um novo desenho/motivo deixando que o fundo já todo colorido apareça em algumas partes, como nas bolinhas do passarinho rosa e nos detalhes do rosto asas do passarinho maior.

E no final de tudo ainda aproveitei o restinho dessas tintas na bandejinha e fiz mais uma página manchada, para um novo desenho que ainda não fiz. Mas voltarei para mostrar, aguardem!

O mais legal de um caderno de rascunhos e esboços é justamente isso, fazer sem freios, sem pensar muito, sem elaborar demais. Eu acho que sou meio detalhista e um tanto demorada para fazer e finalizar certas técnicas. Com a experiência desses cadernos estou aprendendo a me soltar mais. Coisa boa! E até a próxima conversa… <3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *