PIROGRAVURA EM Caixinhas de madeira – 176

Olá, pessoal, bom dia…

Hoje eu trouxe para vocês uma técnica que resgatei do passado… Eu fiz esse trabalho originalmente há uns bons 20 anos atrás, mas naquela época a gente não se preocupava tanto em fazer registros, e também não era tão fácil sair por aí fotografando as coisas como é hoje, com as câmaras digitais e outras facilidades…

Bem, o fato é que me lembrei desse trabalho e resolvi fazê-lo novamente só para mostrar para vocês. Então aí vai:


Caixinha pirografada

Vocês conhecem o trabalho com pirógrafo, não? É um aparelho que tem uma espécie de caneta com a ponta feita por um tipo de arame próprio para resistências elétricas e que, quando ligado à eletricidade, esquenta muito, e serve para gravarmos, escrevermos e decorarmos com essa ponta aquecida, “queimando” as peças. A pirogravura pode ser feita em peças de madeira, MDF, couro, cortiça e outros materiais.

O primeiro passo desse trabalho é pegar as caixinhas de madeira e lixar bem. Depois transfira o risco desejado para a peça com carbono.


Outro modelo de caixinha apenas com o risco

Em seguida faça a gravação com a ponta básica do pirógrafo. Primeiro faça todos os contornos e demarcações da figura e somente depois preencha os espaços com batidinhas feitas com a ponta do pirógrafo, deixando uma textura e “pintando” as áreas com essa ponta.

Observe que é mais fácil trabalhar sobre peças de MDF – os traços saem mais unifromes. Nas peças de madeira natural você sentirá alguma resistência quando trabalhar no sentido contrário ao dos fios da madeira.


Mesmo modelo acima já gravado

Somente depois de fazer a gravação é que devemos aplicar uma seladora para a madeira, antes da pintura, para preparar a peça para receber as tintas acrílcias brilhantes. Eu utilizei Goma Laca Indiana, que seca bem rápido e deixa uma textura fina. Você poderá utlizar também Goma Laca Incolor ou Purificada, Seladora para madeira e até mesmo Verniz Acrílico Brilhante. Todos esse produtos têm a mesma finalidade: selar os poros da madeira e deixar a superfície uniforme para receber a tinta e promover um melhro acabamento ao trabalho.

Após apalicação da seladora, aguarde secagem e lixe bem toda peça com uma lixa d’água fina (número 400 ou 600). Retire o pó e pinte cada parte do desenho com a cor correspondente, utilizando tintas acrílicas brilhantes e apliacdnod e 3 a 4 demãos de cada cor, com pincéis redondos de tamanhos adequados à área a ser pintada, smepre intercalando secagem entre cada demão.


Modelo acima pintado

Pinte as caixinhas por dentro também, e após a pintura não há necessidade de passar nenhum tipo de verniz, uma vez que as tintas acrílicas brilhantes já têm proteção natural.

Primeiro modelo fotografado só com a gravação

Vejam que somente a gravação feita com o pirógrafo já fica muito interessante, mesmo sem a pintura. Essa é uma opção também, fazer apenas a gravação dos desenhos.


Caixinha pintada

Nessa técnica fica muito bacana trabalharmos com desenhos de mandalas, como o da caixinha quadrada. Hoje estou sem meu scanner, mas depois colcoarei o risco dessa peça aqui para vocês. Espero que vocês tenham gostado!

Um beijo e até amanhã,
Cristina
www.cristinabottallo.com.br


13 comentários sobre “PIROGRAVURA EM Caixinhas de madeira – 176

  1. Oi Cristina,
    vc tem uma técnica de relevo envelhecido em madeira, com tinta relevo, ficou lindo. Gostaria de saber se dá pra substituir essa técnica, pois não tenho pirógrafo e se dá pra usar cores.
    Obrigada.

    1. Clarisse, essa técnica do pirógrafo, assim como eu faço, não dá para ser substituída por nada, embora a gente possa fazer algi bem parecido apenas com pintura. Mas aí já é outra coisa…
      E pode usar cores sim, como eu usei. Bjs

  2. Olá, Cristina. Ganhei o pirografo e estou aprendendo a manusear. Tenho uma peça em MDF, porém, já está com duas demãos de tinta base para artesanato, ainda posso fazer algum desenho com o pirografo ou seria melhor na peça crua.
    Aproveito para desejar-lhe um ano novo repleto de saúde, paz, amor…tudo de bom. Abraços!

  3. olá , gostei muito das suas dicas. gostaria de saber se posso gravar o nome em uma peça já pintada. é um aviaozinho que meu marido fez para o nosso bebe, ele já esta pintado, não tem verniz , posso gravar o nome dele na peça? muito obrigada pela atenção!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *