Falando mais sobre bonecas antigas…

Oi, pessoal…

A foto que coloquei aqui das minhas bonecas Quem me Quer no post “Natal!” rendeu tantos comentários que resolvi voltar ao tema…

Desde que eu tinha mudado para minha nova casa, há quase dois anos atrás (aliás, eu mudei para cá nessa época do ano, mais precisamente no dia 27 de dezembro), eu não tinha mais mexido em algumas coisas antigas que guardamos naqueles armários mais altos, junto com as coisas que não usamos com freqüência. E eu me lembrava de ter guardado mais bonecas da minha coleção, além de algumas caixas, mas não estava tão certa disso, afinal tem vezes em que eu decido dar uma arrumada nas coisas e acabo me desfazendo de tudo…

Pois bem, arrumei um tempinho ontem para dar uma olhada nesses armários e achei mais algumas preciosidades:

Eu nunca fui muito fã de bonecos “meninos”, sempre preferi as “meninas”, mas quando fui atrás das bonecas Quem me Quer, acabei achando esse simpático boneco da linha.



Eu o guardei no armário e acabei me esquecendo delo… Prefiro ter as bonecas “meninas” na minha poltrona, sempre por perto… Mas ele faz parte da coleção também, e estava guardado na caixa de papel original em que as bonecas vinham.

A caixa apresenta alguns dos modelos das bonecas em desenhos muito bonitinhos – eu me lembro que ficava olhando e imaginando aquelas bonequinhas brincando, andando, fazendo as coisas que elas faziam nos desenhos. Não tenho certeza se eu queria mais ter as bonecas ou ser as bonecas…

E também vinha uma espécie de faixa com os modelos das bonecas, uma graça! E eu achei também um vestidinho a mais, acabei não tirando foto dele, mas vou é o vestidinho azul com detalhes em rendinha branca.

Algumas pessoas me perguntaram onde encontrar essas bonecas, e como eu expliquei, a loja de brinquedos fora de linha que me indicaram na época, há mais de 10 anos atrás, já não existe mais.

Mas existem alguns sites de brinquedos antigos, e eu comprei a minha última boneca no Mercado Livre. Não é sempre que eles têm esses modelos disponíveis, mas vocês podem ficar olhando de vez em quando, tem hora que aparece alguma.

Também achei essas duas bonecas menores, da linha Pequenina Quem me Quer:


Pequeninas Quem me Quer

Elas eram iguaizinhas as maiores, mas eu confesso, prefiro as grandes…

E acabei achando outra boneca daquele tempo, vejam se vocês se lembram:

Essa eu tive quando pequena, adorava… Ela anda e o cachorrinho também, a gente aperta as florzinhas e o ar faz com que ela ande e leve o cachorrinho para passear… Também tinha a versão dessa boneca com um carrinho de bebê, que eu também tive…

Mas essa foi presente do meu irmão, há uns seis anos atrás…
Legal, não? Um pouco de saudosismo, e de voltar a ser criança. Isso sim sempre é bom…

Ah, e uma dica prática: mandei lavar minhas bonecas que estavam guardadas na lavanderia 5aSec e ficaram ótimas. é caro, mas vale a pena, caso vocês tenham alguma boneca guardada e queiram, lavá-la, eu recomendo.


45 comentários sobre “Falando mais sobre bonecas antigas…

  1. Olá, Cris. Tudo bem? Nossa… Agora viajei no tempo. Eu tive uma pequenina Quem Me Quer igualzinha essa com cabelinho azul… Eu levava pra escolinha, “trocava fraldinhas” dela, rss. Que saudade da minha infância… Era tudo fácil, mágico… Lembro que tinha também a “Feijãozinho”; a “Lu Esquiadora” e “Lu Nadadora”, entre outras fofuras. Minha madrinha sempre me dava brinquedos no Natal, Dia das Crianças e aniversários. Sempre fui cuidadosa com meus brinquedos. Quando minha mãe faleceu vítima de câncer, há 11 anos atrás, lavei os vestidinhos das minhas inúmeras bonecas; assim como os bichinhos de pelúcia. Penteei algumas rebeldes descabeladas, rss, e levei tudo ao Hospital do Câncer de Londrina. Guardei uns 3 brinquedinhos daquela época de criança. De alguma forma, saber que outras tantas ficariam felizes com aqueles brinquedos, num ambiente tão antagônico à efervescência da infância, como um hospital oncológico, me ajudou a enfrentar o luto. Me fez enxergar beleza no meio de tanta dor… Cris, meu coração disparou e os olhos ficaram rasos d’água. Seu post com essas fotos, resgatou não só lembranças da minha infância, mas me fez lembrar como de alguma forma, ela foi um apoio para eu conseguir tocar adiante. Um abraço e ótimo final de semana!!

    1. Oi, Tatiane, me lembro bem dessas outras bonecas… Adorava minha Feijãozinho! Realmente esse período mágico que é a infância nos faz muita falta… Mas a gente pode resgatar um pouco esses momentos, acho que quando deixamos nossa “criança interior” (com perdão pela frase tão clichê) se soltar um pouco, ficamos mais espontâneos e criativos… Você teve um gesto muito bonito ao doar seus brinquedos naquele momento, e acredito que essa atitude também foi um ritual de passagem para outra fase da vida.
      Beijão, Tatiane…

  2. É Cristina… acho que todos que vem aqui e vê essas bonecas voltam no tempo e se sentem crianças na época de natal, e as lembranças voltam, parece que lembro do cheiro de boneca nova. Acho que não sou do tempo da bem me quer( sou mais velha), a minha boneca marcante foi a tipy, ela tinha um velocipede e empurrava um carrinho tb e a susi, era o máximo, mas gostava tb de brincar com o gorducho da minha irmã mais velha, era um bebe enorme… que saudade!
    bjs

    1. Oi, Jacqueline, você tocou num ponto importantíssimo, o cheiro de boneca nova (sobretudo da Estrela)… Acho que é disso que mais sinto falta… Eu lembro da Tipy, eu nunca tive mas achava o máximo! E quantas “Susis” tão bacanas eu tive… Lembro d euma que tinha um mantô cor de mostarda, super-moderno na epóca… Que saudades! Beijos e ótimo domingo para vc!

  3. olá cris
    que maravilha para mim foi emocionante revê-las chorei muito pois são coisas que me leva ao passado ,nem todo mundo gosta de guardar coisas que tem um passado ou mesmo uma história ,principalmente fotografias a semana
    passada eu recebi uns emails com coisas antigas,bonecas ,brinquedos ,etc… muito legal amei o seu post ……..bjks

    1. Oi, Eni… Sempre é bom a gente se emocionar, mas não queria que as pessoas ficassem muito melancólicas com meus posts sobre as bonecas. Recordar é bacana, pode nos ajudar a sentirmos mais completos, mas a vida que vem pela frente é sempre a melhor possibilidade que temos. De todo modo, fico feliz em causar emoções… Beijos!

  4. Ahh, lindas suas bonecas!! Também tenho algumas guardadas… na verdade minha mãe é que gosta mesmo delas e está guardando, com as mudanças aqui em casa por causa do casório a gente reviu todas elas essa semana! Acho que ela gosta de lembrar de quando a gente (eu e minha irmã) era criança… rsrs. Época boa! =D
    Beijocass

    1. Ai, Bianca, eu me arrependo de não ter guardado algumas minhas e da minha filha também. Claro que a gente não pode viver no passado, mas algumas coisas assim, que são referências importantes para nós, acho que devemos conservar. Eu gosto dessas bonecas por isso, são parte da minha essência…
      Ah, e posso imaginar como estão as coisas por aí… Mas que bom, porque só vem coisa boa, né? Beijos…

  5. Oi Cris,
    Que lindas suas bonecas.
    A minha preferida na minha infância sempre foi a Barbie, mas como meus pais não podiam comprar, eu e minha irmã ganhamos a boneca Tetê ela era bem pequenina era da Estrela.
    Depois eu ganhei a ursinha Peposa que eu tenho até hoje, está bem guardadinha…é muito bom relembrar momentos bons e gostosos.
    bjo.

    1. Ah, eu adoro essas recordações, Janaína… Algumas mais felizes, outras menos. Mas foram essas coisas que nos formara, fazem parte da nossa história, por isso nos tocam tanto. Que bom que você pensa assim também… Beijos!

  6. Nossa que legal!!!
    Estou com 34 anos e ainda tenho minhas bonecas Quem-me-quer. Tenho um de boneco, uma boneca de cabelo azul e outra de cabelo rosa. Me desfiz de todos os meus brinquedos, menos dessas bonecas e de uma Bate Palminha. Tenho um gurizinho que é igual o meu boneco com cabelos claros e cacheados, muito lindinho. Se tiver uma filha vou deixar minhas bonecas pra ela.

  7. sou apaixonada pela quem me quer nunca tive como compra-la gostaria de uma rosa e outra azul , amo a baby barriguinha , amo de paixao a beijoca da estrela anos 60 , como compra-las?

    1. Pois é, Kelly, só nessas lojas que vendem brinquedos antigos ou em sites, como o Mercado Livre. Não é fácil, mas vc encontra de colecionadores para venda.

  8. Eu tenho o menininho, se chama Danilo, ningué tem ideia de quanto eu amo esse boneco, e tenho também a rosa se chama Barbara, ela ficou na casa da minha avó

    1. Oi, Ana, eu me sinto super honrada em poder contribuir com sua coleção, seu trabalho e seu blog. Sou sua fã! Beijos e vou compartilhar seu blog aqui em breve. 😀

  9. Olá gostei muito como faço para ter uma dessas,eu tive a minha quando pequena, outras : a baby face e a baby pink, e tambem a bailarina ambas da estrela…gostaria que me ajudassem pois fizeram parte da minha infancia. obrigada

  10. Oi Cristina,
    Tua coleção é linda.
    Eu tinha a Quem -me-quer loirinha de roupa jeans, mas infelizmente, sem querer, passei alguns anos fora do BR e minha mãe doou-a.
    Você sabe de alguém que tenha e esteja vendendo?
    Ficarei eternamente agradecida à você caso saiba de alguém.
    Muito obrigada.
    Regiane
    meu e-mail: rodriguesre@hotmail.com

    1. Oi, Regiane, obrigada! Atualmente eu coleciono outras bonecas, Moranguinhos e Blythes, e você pode vé-las em meu canal de vídeos no youtube, nesse link: https://www.youtube.com/user/cristinabottallo

      E sobre comprar uma Quem Me Quer, eu não conheço quem tenha, mas no Mercado Livre sempre aparece alguma, e nas páginas de colecionadores e desapego de brinquedos no facebook. Tenta lá!

  11. Oi Cristina!!

    Meu nome também é Cristina. Sou professora de educação infantil. Tenho 48 anos de idade. Desde pequena, sempre fui apaixonada por bonecas. Tive susi, mãezinha, amélia, guigui, barbie etc… Sou uma pessoa saudosista e agora mais do que nunca, ando ainda mais. Meu pai faleceu no ano passado e estou muito triste, sentindo muitas saudades dele. As minhas bonecas as perdi, porque quando era criança mudava muito de residência. Gostaria de tê-las de novo, pois quero reviver o sabor da minha infância por meio delas. Era o meu pai que as comprava para mim.
    Muito obrigada,

    Cristina

    1. Oi, Cristina, puxa, lamento pelo seu pai… Sabe que todas as bonecas da nossa infância hoje podemos encontrar fácil na internet? No facebook, não sei se você usa, as lá tem muitos grupos de colecionadores, e para comprar o Mercado Livre é uma opção… Você já foi atrás? Beijos e um abraço!

  12. Adoro bonecas! E minha mãe também! As guardei para dar para minha filha…
    mas nunca me casei e nunca tive filhos. Tenho carinha de vinte e poucos, mas na verdade tenho trinta e muitos! Rsrsrs
    Continuo amando minhas bonecas!
    Tenho o menino Bem me quer, foi aos 8 anos, ganhando ele, que descobri que Papai Noel não existe! Rsrsrs

    1. Ah, Aline, que legal, curta você suas bonecas… eu decsobri, bem depois de vc, que a gente pode brincar mais e melhor com elas quando somos adultas…Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *