SCRAPBOOK – BÁSICO – TÉCNICA 07

Oi, amigos…

Aproveito que ainda estou em ritmo de férias e com bastante tempo para atender a um pedido de uma visitante do blog que pediu umas dicas sobre scrapbook…Então minha sugestão para hoje é:


Página de scrapbook “Viva e deixe viver…”

De um modo geral Scrapbook ou Scrapbooking é a arte de decorar álbuns fotográficos. Atualmente essa técnica tornou-se um hobby muito popular, realizado por inúmeras pessoas do mundo todo, e também é um segmento do artesanato. Com a téncica do scrapbook também se faz uma infinidade de trabalhos em papel, como: convites para diversas ocasiões, agendas, marcadores de livro, lembrancinhas, embalagens para presentes, cartões e muito mais…

Conhecido também como “Álbum de Memórias”, tem origem nas palavras inglesas scrap – retalhos book – livro, portanto sua tradução literal é “livro de retalhos”. Nos álbuns realizados com essa técnica criamos páginas em que as fotos são os “personagens” principais e também são utilizados outros elementos para complementar o tema, como enfeites, lembranças e textos, que servem tanto para documentar o evento como para criar um efeito visual mais interessante.

O modelo acima é um exemplo simples de como montar uma página.

– Comece escolhendo as fotos e defindo seus tamanhos. Hoje em dia é possível fazer ampliações, reduções, cortes e inúmeras alterações em fotos digitais. E caso a foto que você tenha seja de papel tradicional, basta escaneá-la e trabalhar em seu micro com o programa de sua preferência.

– Se você não tem prática nem equipamento para alterar suas fotos em casa, basta levra as fotos desejadas em uma loja especializada, existem inúmeras em todos os locais atualmente…

– Escolhidas as fotos, defina o papel de base da página. A escolha pode ser por cor, estampa, textura… Nesse modelo eu optei por uam estampa neutra nos tons do vestido da Aninha.

– Agora escolha os detalhes que irão cômpor a página. Em geral eles têm alguma relação com o papel base, seja nas cores ou estampas. Eu escolhi trabalhar com serigrafias de flores em 3D que faço, e utilizei três modelos diferentes em tons de azul e lilás. E, por fim, utilizei também retalhos de papel listrado, também feitos em serigrafia e nos mesmos tons para completar.

– Posicione todos os elementos da página antes começar a fixá-los, assim você poderá experimentar a melhor composição. Só então foxe os elementos, sempre começando pelos que virão por baixo dos detalhes que ficarão em primeiro plano.

– Para escrever os nomes, títulos, textos e legendas utilize programas simples de computador e uma impressora caseira, ou então vá até um local que o faça. Escolha os tipos de letra, cores das impressões, tipos de papel… As possibilidades são inúmeras. Normalmente esse stextos e palavras são os últimos elemntos a serem fixados em uma página de scrapbook. Pronto. Sua página está pronta!

Não é preciso fazer um curso para aprender scrapbook, qualquer um pode criar suas páginas, mas existem alguns procedimentos muito utilizados e materiais específicos, por isso conhecê-los poderá ajudar bastante. A maioria dos termos e nomes dos materiais e ferramentas da técnica são em inglês, influência dos Estados Unidos, país em que essa técnica é muito popular e que produz grande parte dos materiais e livros sobre o tema.

Segue abaixo um resumo bem básico sobre a técnica e ao longo dos meus posts irei publicar mais dicas e um glossário de termos de scrapbook. Os primeiros termos do glossário serão os começados com a letra “A” (seguem abaixo).

– As páginas de um álbum tradicional de scrapbook medem 30,5×30,5 cm. E essas páginas ficam em plásticos com furos, que serão colocadas nos álbuns em geral em formato de fichários.

– Um álbum pode ter quantas um número variável de páginas, e elas poderão ou não ser relacionadas ao mesmo tema.

– É costume dar um título às páginas, um nome, frase ou texto que define do que se trata a página.

– É recomendável que se utilize materiais de boa qualidade e produtos (principalmente as colas e adesivos) livres de ácido, para que estes não danifiquem as fotografias com o passar do tempo.

GLOSSÁRIO

Accent – É qualquer enfeite que colocamos nas páginas de scrapbooking. Pode ser feito de papel, botões, miçangas ou qualquer outro material.

Acidez – Extremamente ruim para as fotografias, por isso procure sempre utilizar material sem acidez (acid-free) com as fotos. Se não for possível utilizar todo o material sem acidez, procure fazer com que o material com acidez não esteja em contato direto com as fotos. Em geral, se o produto usado não indica se é sem acidez, provavelmente é porque ele possui.

Acid Free – Termo usado quando um produto contém nivel de pH acima de 7.0. Um produto acid free é livre de acidez e seguro para ser usado em scrapbooking.

Acid Migration – É a tranferência da acidez de um item para outro através do contato de um produto livre de acidez com um produto ácido.

Acrilic Paint – Tinta acrilica que pode ser utilizada para pintar papéis, metais e outros enfeites que compõem uma página de scrapbooking.

Adhesives – Cola.

Aging – Técnica que consiste em fazer com que alguma coisa pareça velha, amarelada e antiga.

Álbum 3-Ring-Binder – Álbum do tipo fichário que possui três anéis, onde se pode prender folhas de plástico protetoras para organizar as páginas de scrapbooking.

Álbum ABC – Álbum em que se procura desenvolver o tema principal com palavras ou adjetivos começando com todas as letras do alfabeto. Por exemplo, para fazer um álbum da filha, a mãe poderá explorar cada página com palavras tais quais: A – amiga, B – bonita, C – criança e assim por diante.

Álbum Cronológico – O álbum cronológico é organizado de acordo com o tempo (ordem, período) em que as fotos foram tiradas. Assim, as fotos mais antigas aparecem antes das mais recentes.

Álbum Decorado – Também conhecido como “Álbum de Memórias”, tem origem na palavra inglesa “Scrapbook”, cuja tradução ao pé da letra significa “livro de retalhos”. Neste álbum, além de fotos, procuramos complementar o tema com enfeites, lembranças e textos para documentar o evento.

Álbum Espiral – Álbum encadernado com arame espiralado geralmente sem plástico e número de páginas pré-definidos. Esse tipo de álbum é geralmente utilizado quando se deseja fazer páginas sobre um tema único.

Álbum Magnético – Esses álbuns não são realmente magnéticos. Eles possuem uma camada adesiva na página aonde se fixa as fotos, e o protetor de página (de plástico) é usado para cobrir as fotos, expondo-as a restos de adesivo do protetor. Alguns desses álbuns possuem acidez. Outros se dizem seguro para as fotos (photo-safe). De qualquer forma, é bom evitá-los nem que seja por causa da fina camada de adesivo que ficará sobre as fotos.

Álbum Temático – Álbum feito sobre um único tema. Os álbuns temáticos mais comuns geralmente são sobre aniversário, amor, Natal, bebê etc…

Archival Mist – Produto utilizado para tornar o papel livre de acidez.

Archival Quality – Termo sugerido quando queremos dizer que uma substância ou produto é quimicamente estável, durável e permanente. Na prática, significa que a qualidade do produto é adequada para o arquivamento e a preservação.

Artist Trading Cards (ATC) – São pequenos cartões (medindo aproximadamente 6.5 x 9cm) feitos com o propósito de serem trocados com outras pessoas. Estes cartões também podem ser usados como enfeites de páginas, altered books etc.

Nas próximas edições publicarei o restante do Glossário.
Aproveitem as dicas e comecem suas páginas de scrapbooking hoje mesmo!
Um abraço a todos,
Cristina

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>