Release da Exposição “Relicários de Frida Kahlo”

– RELICÁRIOS DE FRIDA KAHLO –
Exposição de Cristina Bottallo

A exposição contará com o Lançamento Nacional do Selo Homenagem ao Idoso, pelos Correios, em homenagem ao Dia Nacional da Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa.

O dia 15 de junho foi declarado pela Rede Internacional de Prevenção à Violência contra a Pessoa Idosa – INPEA (The International Network for the Prevention of Elder Abuse), em parceria com a Organização das Nações Unidas, como o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa.
Assim como a arte é o próprio relicário da vida, é também a expressão do direito a ela. O paralelo entre a vida e obra de Frida Kahlo e os direitos da Pessoa Idosa é o respeito à vida plena, conceito intrínseco à própria arte, a representação da essência da expressão da liberdade que inclui o respeito às idéias, à dignidade, à individualidade e à pessoa seja ela criança, as de necessidades especiais ou idosas.
O idoso como ponto alto do trajeto do homem na vida terrena tem sido desrespeitado, renegado e nada mais pertinente que a arte para e ressaltar sua importância. A Exposição Relicários de Frida Kahlo é a oportunidade de homenagear os idosos e dignificar sua causa com o que há de mais belo na criação do homem: a arte, representada nessa mostra pela imagem e memória de Frida Kahlo, uma vida de superações.

“Minha fé está em ver a beleza das pessoas e de suas criações. Os relicários expressam a devoção que tenho por ela”, diz a artista, sem que esse sentimento assuma um sentido divino, porém o do sagrado. Esse sagrado que a arte traz em si é o belo, é a imagem da própria criação que se revela na cor, na forma e, especialmente, naquilo que cada obra causa em quem a observa. Estabelecer esse contato com é permitir a possibilidade do eterno que somente se faz pela criação do artista.
Nas civilizações pré-colombianas, a arte era o sagrado e o sagrado era a arte do coração – o artesanato da alma. É como a artista plástica Cristina Bottallo concebe os Relicários de Frida Kahlo para essa exposição. O relicário, uma caixa onde se guarda tesouros, também pode ser entendido como um coração. Ao guardar a imagem da artista mexicana em seus relicários, Cristina estabelece um vínculo entre a arte e o sagrado através da figura dessa intrigante artista – sua vida, sua obra, sua existência, sua beleza, sua força, sua inquietação. A identificação entre elas se faz pelo coração e pela arte que permeia a vida de ambas, o gosto pelo artesanato. Os relicários de Cristina Bottallo são uma homenagem e reverência à artista mexicana, um meio de conexão entre elas.
Ao mesmo tempo, a Exposição Relicários de Frida Kahlo é uma oportunidade de chamar a sociedade a se conscientizar de que a pessoa idosa é cidadã com direitos e merece envelhecer de maneira ativa e saudável. O Estatuto do Idoso, em seu art. 4º, prevê que “Nenhum idoso será objeto de qualquer tipo de negligência, discriminação, violência, crueldade ou opressão, e todo atentado aos seus direitos, por ação ou omissão, será punido na forma da lei.”
Estima-se que, em 2020, as pessoas idosas corresponderão a 14,2% da população brasileira. Ao assinalar em selo o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, os Correios, juntamente com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, demonstram a oportunidade de proporcionar o enfrentamento a essa forma de violência e exclusão social, que é papel fundamental de toda a sociedade.

Cristina Bottallo é formada em artes plásticas, desenvolve em seu ateliê trabalhos com diversas técnicas: serigrafia, pintura, colagem, encadernação e bordado. Ela é também ilustradora e artesã.

Frida Kahlo (1907 – 1954) – mexicana, foi uma das maiores artistas plásticas de nosso tempo. Sua vida dramática se confundia com a própria arte, nas cores, na força. Uma mulher acima de seu tempo na vida e na arte.

Sobre o Selo: Emissão Comemorativa Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa para simbolizar a proteção, a solidariedade e o respeito às pessoas idosas, o selo retrata um casal de idosos sob um guarda-chuva, estampado com as palavras AMOR, RESPEITO, DIGNIDADE e CARINHO, imprescindíveis à conscientização contra a violência a essa classe de pessoas. Acima do guarda-chuva protetor estão impressas as palavras agressão, indiferença, violência e desrespeito, representadas em forma de gotas d’água, que são repelidas, não atingindo os idosos protegidos das tormentas de atos que impeçam a sua felicidade, integridade e qualidade de vida.

Exposição Relicários de Frida Kahlo
Produção Arquivo ABAPC – Associação Brasileira dos Artistas Plásticos de Colagem
Curadoria – Robert Richard – abapc@abapc.com.br

Abertura: 15 de junho às 14h, Praça de Eventos do Shopping Metrô Boulevard Tatuapé
Local: Espaço Cultural Boulevard das Artes, segundo piso, lojas 344/345, no Shopping Boulevard Metrô Tatuapé, Tel.: (11) 2225-7000 – www.shoppingboulevardtatuape.com.br.
Endereço: Rua Gonçalves Crespo X Tuiuti (Estação Tatuapé do Metrô)
Visitação Gratuita: de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h e domingo das 14h às 20h.

Informações para a imprensa:
Patrícia Cicarelli
Assessoria de Imprensa / TIME
E-mail: cicarelli.time@uol.com.br


7 comentários sobre “Release da Exposição “Relicários de Frida Kahlo”

  1. Oi, Cris.
    Sua exposição vai se mais um sucesso, com certeza.
    Adoro ler seus textos, vc escreve e se expressa tão bem…
    e por falar im idosos, hj é um dia festivo aqui em casa, meu pai está fazendo noventa e um anos, com bastante saúde, graças a Deus!
    Ah!, antes que me esqueça, sua aula hj no Faça em Casa, foi ótima, adorei sua técnica. Muito obrigada.
    bjs

    1. Oi, Mary, que legal, mande os parabéns para seu pai… Fazer 91 anos é para poucos. Parabéns para todos vocês.
      Obrigada pelo apoio sempre!
      Um beijo,
      Cristina

  2. “Outrora, a velhice era uma dignidade; hoje ela é um peso” (François Chateaubriand) Que com o lançamento dessa campanha, as autoridades competentes promova junto à escolas e famílias, oportunidade de debates que levem a reflexão dessa violência contra os idosos. Que as crianças desde a mais tenra idade sejam orientadas a respeitar o idoso, despertando nelas a consciêcia, que um dia a velhice irá lhes alcançar também. Isso é feito com ações práticas, não basta falar. Desejo que sua exposição seja um sucesso e que seus objetivos sejam alcançados. Bjos.

    1. Oi, Marlêde, achei a homenagem muito oportuna mesmo, nós temos que nos conscientizar que cada vez mais a população será mais idosa, e temos que aprender a respeitar e conviver com as pessoas mais velhas. Obrigada!

  3. Cris, vc ensinou a fazer um porta retrato com uma pátina
    sobre a madeira crua e tb com uma decoupagem muito interessante. Foram usados recortes de papel em preto e branco e depois pintados. Achei muito fofo.
    bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *