O bolo voltou!

Olá, pessoal, boa tarde de sábado para vocês…


Eu, Darghan e Lu Gastal ontem, na hora do bolo, em meu ateliê. Foto de Glau Macedo

Aqui em São Paulo está um friozinho e uma garoa bem chatinha. E nem parece que a primavera chegou ainda ontem, tempo bom para um chá com bolo. E tenho uma história novinha e engraçada com esse tema…

Na quinta a noite eu fiz um bolo de chocolate da minha receita especial (que segue abaixo) para levar ao ateliê e compartilhar com a turma boa que passou o dia comigo ontem. Meu filho Rafael, estava dormindo enquanto eu fazia o bolo (sim, era 11h da noite e a doida aqui cozinhando), por isso ele não sabia de nada. No dia seguinte ele saiu bem cedo para a faculdade, viu o bolo em cima da mesa pronto e novinho e pensou, “Oba, quando voltar da aula, tem bolo de chocolate!”.

Eu não me encontrei com ele e assim que fui para o ateliê levei o bolo. Quando ele chegou em casa para almoçar procurou o bolo e ficou bem chateado… “Ah, era para as amigas…”, pensou.

Hoje cedo, quando eu estava tomando café da manhã, ele acordou e desceu até a cozinha, viu metade do bolo que eu havia trazido de volta do ateliê em cima da mesa e exclamou: “Ah, o bolo voltou!”…

Juro que morremos de rir com a história… Foi bem engraçado porque foi completamente espontâneo. E já entrou para a nossa seleção de frases curiosas que ninguém mais vai entender… “Ah, o bolo voltou!”.

Bolo de Chocolate
Por Cristina Bottallo

COBERTURA – INGREDIENTES:

– 2 xícaras de leite
– 2 xícaras de chocolate em pó (nestlé – 2 frades)
– 1 xícara de açúcar
– 1 colher de sopa rasa de margarina
– 1/2 xícara de café de conhaque

MODO DE FAZER A COBERTURA:

Comece sempre pela cobertura e deixe-a no fogo enquanto prepara o bolo. Junte todos os ingredientes menos o conhaque na panela, uma panela mais funda e de boca larga, e leve em fogo alto, mexendo com um colher de pau sempre, até ferver. Quando ferver, abaixe o fogo e deixe ferver por mais uns 20 minutos, sempre mexendo de vez em quando, e virando a panela para a cobertura não pegar. Acrescente o conhaque e deixe ferver por mais uns 5 a 10 minutos. A cobertura deve ficar bem espessa, mas não deixe que pegue na panela para não queimar nem formar caroços. Deixe-a na panela.

MASSA DO BOLO – INGREDIENTES:

– 2 xícaras de farinha de trigo
– 12 colheres de sopa bem cheias de chocolate em pó nestlé
– 1 xícara de leite talhado no fogo morno com algumas gotas de limão ou vinagre (apenas morno)
– 1 e 1/2 xícaras de açúcar
– 5 ovos gemas e claras separadas
– 2 tabletes de margarina (ou 200gr)
– 1 colher de café de bicarbonato de sódio

MODO DE FAZER:

– Bata as claras em neve e reserve.
– Dissolva o chocolate em pó no leite morno.
– Junte o açúcar e a margarina e bata bem, até formar uma farofa. Junte as gemas e continue batendo, até que fique uma gemada clara.
– Junte as claras batidas em neve e misture levemente.
– Depois acrescente o chocolate dissolvido no leite e por fim a farinha de trigo, e continue batendo, ainda com a batedeira.
– Acrescente o bicarbonato e mexa mais um pouco.
– Coloque em assadeira redonda sem furo e com cerca de 28 cm de diâmetro, untada, e leve para assar em forno médio a quente, por cerca de 40 minutos ou até que não grude mais no palito.
– Desenforme quente (é mais fácil), deixe esfriar só um pouco e cubra com a cobertura.

Beijos e até mais!


12 comentários sobre “O bolo voltou!

  1. OláCristina, adorei o post, sabe o mundo da arte ainda não pode ser minha maior dedicação, mas faço o que posso nos momentos de descanso escolar. Sou professora do ensino fundamental 1° e 5° anos.
    Gosto muito de ler sobre encontros, exposições, feiras, etc
    de vcs que vivem nesse mundo e sinto um pouquinho de inveja, mas eu chego lá um dia.
    Obrigada por compartilhar estes momentos e quanto ao bolo vou passsar a receito ao meu filho de 16 que adora fazer bolos e esta tua receita é bem diferente.
    Abraços.

    1. Oi, Luciana, obrigada… Você faz bem em procurar um descanso do seu trabalho, que é tão importante e desgastante, por isso procurar algumas distrações é sempre bom. Agora, nada de ficar com esse sentimento de “invejinha”. Nada contra, acho até bom, serve como estímulo. Mas o negócio é vc participar também. E, acredite, é possível! Bom saber que você gostou da receita do bolo, peça para sue filho fazer e depois me conte o que achou. Que legal que ele cozinha! Beijos!

  2. Adorei a história… toda família tem dessas histórias que com o tempo nem se sabe mais como começou…Só faltou a foto do bolo que voltou!!! Abraços e bom fim de semana.

    1. Oi, Roseana, pois é, sempre acontecem coisas curiosas assim, não? Eu me divirto muito com essas coisas… Sim, faltou a foto… Mas agora o bolo acabou! Assim que eu fizer outro, fotografo e posto aqui, ok? Beijos!

    1. Oi, Ana Lúcia, adoro essas frases… Fazem nossa vida ganhar sentido, né? Muito obrigada pelo comentário… E de fato ficou faltando a foto… Mas o bolo agora já era, vou ter que fazer outro… rsrsrs… Beijos!

  3. Oi, Cristina…

    Faz um tempinho que não escrevo por aqui, mas estou sempre espiando… hehehe… mas hoje irei escrever muuuuiiiitooooo… hehehehe

    Primeiro, que bolo esse, mulher… que faz gerar frustração e felicidade em tão pouco tempo… heheeh… e de forma bem espontânea… quando eu apareer por aí ou cobrar um pedaço dele, viu… kkkkk

    Segundo, no FDS encontrei por um acaso uma revista sua sobre canetas. Ameeeeeiiiiiiii!!! Tá linda demais!!! Só fiquei triste porque as canetas “Sakuras” que mencionas nos PAPs não encontro aqui por Natal. E os pastéis secos são muito caros, ao menos por aqui. Sem querer abusar, mas já abusando, vc me oferece sugestões para substituir as canetas e os pastéis??? Ou lojas na net onde eu poderia adquirir??? Amei a tela de fundo preto, o prato de flores e a gatinha… so cute!!!

    Parabéns pelas exposições, obrigada pelo pap lindo da tela com decoupage de espaço no blog, obrigada pelas risadas com a história do bolo que voltou e uma semana maravilhosa!!!!!

    BJS

    1. Oi, Vivi, saudades! Sim, o bolo é ótimo, vale a pena fazê-lo. E a história foi demais, muito engraçada. Sobre as canetas, Vivi, sim, é uma pena que o importador não esteja mais aqui no Brasil, mas sabe onde você encontra as canetas Sakura? Na Liberdade… No bairro da Liberdade, aqui em São Paulo, tem um monte de lojinhas, papelarias que vendem os produtos da Sakura. Quanto aos pastéis, têm uns bem caros mesmo, mas também existem alguns bem mais baratos, e que servem igual… A própria Sakura tem uma linha mais barata…
      Obrigada pelos elogios, por acompanhar meu trabalho e pelos beijos, Vivi.
      Beijão!

  4. Oi, Cris… assim que tiver um tempinho, tentarei fazer o bolo e te conto… hehehe

    Quanto às canetas… a Liberdade ainda está muiiitooo longe de mim… hehehe… mas já está anotado na minha listinha de compras e lojas para quando eu for a São Paulo um dia… hehehe

    BJs… Ah… linda a matéria das árvores… depois procuro a revista.

    1. Vivi, quando vc quiser, me avise, nos encontramos lá, será um prazer te acompanhar nessas comprinhas. Um beijo enorme, para você e para sua mãe. A Make está linda mesmo, vale a pena buscar! Beijos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *