DECAPÊ JAPONÊS – 35

Oi, pessoal…

Vou inaugurar uma série especial de posts com a técnica de hoje, o Decapê Japonês. Uma série do meu “baú de técnicas”, as primeiras técnicas que fiz, há mais de 20 anos atrás, só que com algumas alterações e adaptações para os materias que temos atualmente. Essas técnicas foram originalmente publicadas na primeira coleção de apostilas que editei, em 1989, coleção composta poe 12 volumes, cada um com um tema. A de hoje faz parte da “Apostila de Pintura em Madeira”:


Decapê Japonês Azul

Para essa técnica precisamos de uma tinta que possa ser lixada, por isso eu recomendo a tinta guache. Escolha três cores – no modelo acima utilizei verde, azul e rosa, além do preto, que entra em todas as combinações.

Em primeiro lugar, pegue uma peça de madeira ou MDF, lixe-a, se necessário, e aplique duas demãos de base acrílica para artesanato, deixando secar e lixando em seguida para que a superfície fique bem selada e lisa.

Agora pegue o guache preto, e com um pincel de pelos redondo, carregue com bastante guache e vá fazendo “manchas” bem carregadas de guache preto por toda parte externa da caixinha, gotejando a tinta, ou seja, deixando-a cair sobre a peça sem espalhar. Se necessário, para que a mancha fique com bastante relevo, aguarde secagem desse primeira aplicação e aplique mais uma ou duas demãos, sempre sobre as camadas já aplicadas. è preciso que as manchas fiquem em relevo. Deixe secra bem, de preferência de um dia pra outro.

Depois comece a aplicar as demais cores de guache. Comece pelo rosa, cubra toda peça, inclusive as manchas pretas, com essa cor e aguarde secagem. Depois aplique o verde, e aguarde secar novamente. Complete com o azul, cobrindo toda peça. Pinte a caixinha (se for a peça que vc está fazendo) por dentro também. Não aplique duas demãos de cada cor, nessa etapa, aplique apenas uma camada. Aguarde secagem por pelo menos três horas.


Detalhe da caixinha

Agora pegue uma lixa mais grossa, como a 150, e lixe toda peça. Note que as cores irão “aparecer” aos poucos. Vá lixando toda peça até mostrar um pouco de cada uma das camadas, inclusive as manchas pretas. Pare de lixar assim que a superfície estiver nivelada.

Como o guache não é uma tinta resistente à umidade e não tem brilho, será necessário aplicar um verniz para dar proteção e bastante brilho à peça. Pode sera Goma Laca Incolor ou o Verniz Geral. A Goma Laca é solúvel em álcool e seca mais rápido, e devemos aplicar de 4 a 5 demãos, intercalando secagem, para que o brilho fique uniforme. O verniz geral precisa de 3 a 4 demãos, também intercalando secagem, lembrando que esse produto demora mais a secar.


Decapê Japonês Rosa

Pronto! Sua peça está pronta…Repare que é possível fazer várias combinações de cor, basta inverter a ordem de aplicação das cores de guache para que a cor predominante seja outra. essa técnica fica muito bonita em bandejas também, experimente fazer…

Amanhã ou depois vou colocar fotos das minhas apostilas aqui, para lembrar aqueles tempos…

Beijos e até mais,
Cristina
www.cristinabottallo.com.br


3 comentários sobre “DECAPÊ JAPONÊS – 35

  1. Jana, que legal, eu nem tinha me dado conta que esa é uma ótima técnica para escola…
    Só repito o que comentei com a Eni logo acima, o verniz é fundamental nessa técnica para valorizar a peça. Bom trabalho na escola, viu? Beijão…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *