• Bauernmalerei

    Rosas em passo a passo

    Prometi aqui o passo a passo das rosas barrocas, então aí vai: Na pintura acima, que fiz em um papel, utilizei as mesmas tintas que usei na caixa, acrílicas decorativas foscas. As folhas receberam um verde médio de fundo, depois, sobre esse fundo quase seco, uma camada de verde bem mais claro, misturado com pérola, para dar profundidade. Os filetes foram feitos com verde mais escuro, e o contorno das folhas, em destaque, em verde claro também. As rosas, que variam entre tons amarelados e de vermelho vivo ou profundo, têm um passo a passo semelhante: começo sempre pelo miolo, em um tom de marrom bem escuro. Depois entre com a cor principal, no corpo das rosas. As pétalas laterais são com pinceladas de dupla carga, com a cor da flor no pincel e o branco na ponta, já criando o efeito de volume. E as pétalas centrais e em volta dos miolos são feitas com branco, para dar ainda mais volume. Como comentei no post anterior, o barroco se…

  • Pintura em Madeira

    Temporada das rosas barrocas

    A temporada das rosas passou por aqui e eu tirei do armário mais uma peça bem antiga para fazer uma nova pintura do Barroco Floral. Essa caixa estava em meu ateliê há uns bons 15 anos, sem exagero. O fundo estava pintado com envelhecedor em tom de betume, e eu confesso que nem me lembrava mais qual era minha intenção com ela. Ela faz parte de um conjunto de 5 caixas grandes e bem antigas, todas pintadas com médium envelhecedor da marca Corfix, e posso imaginar que eu iria usá-las em alguma aplicação desse produto, na época em que eu trabalhava para a marca. Mas os fundos mais escuros já não me inspiraram nenhum trabalho, então decidi fazer uma pátina lixada em tom de marfim, para deixá-las mais leves. Ficaram assim: Apliquei a tinta acrílica decorativa fosca levemente rala, diluída com água, deixei secar bem e depois de bem seca, lixei com lixadeira elétrica, para ficar bem marcada. Tudo isso sobre o fundo envelhecido mesmo, porque a ideia era justamente…