Arquivo da tag: cadernos artesanais

Mais páginas do caderninho ” Matisse”

Oi, pessoal, boa tarde!

Ainda não será nesse post que vou explicar o nome desse caderninho… Vou apresentar as páginas que vêm primeiro antes. E as páginas que seguem são:


Mais uma página dupla

Nessa dupla e também usei colagem com papéis para origami (sim, ainda preciso escrever mais sobre eles, é que tenho que fazer uma foto, reunir o material, coisas assim… mas não me esqueci, não, promessa é dívida…) e até apliques feitos em origami, os passarinhos, que eu comprei prontos na mesma loja que vende os papéis.

Vejam que os recortes que eu fiz no papel são s apliques que colei na página seguinte. E de um papel para scrapbook eu recorte fotos de cartões postais para completar…

Além da colagem eu usei alguns recursos bem simples de pintura: esponjei tinta acrílica metálica ouro no fundo das páginas e colei, entre elas um retalho de papel pintado com azul e ouro.

Depois de colar tudo, escrevi meu texto com caneta preta. E pronto!


Começa assim…


E termina assim.

Gostaram? Aguardem a próxima dupla de páginas, já está pronta, mas ainda não vou mostrar…
Bom final de sexta-feira para vocês!


CADERNO BORBOLETA – 347

Olá, pessoal, boa tarde…

Hoje o post é uma sugestão de pintura em capa de caderno bem legal:


Caderno Borboleta

Comprei um caderno com capa dura e espiral em um formato diferente, maior e com as páginas em branco. Desmontei o caderno e tirei a capa e contra-capa, abrindo a espiral com as mãos, com cuidado, para reaproveitá-la.

Fiz uma textura leve com gesso acrílico, aplicado com espátula e sobre essa textura colei um recorte de revista rasgado com as mãos. Fixei a revista direto no gesso. Também trabalhei com uma telinha para criar um textura quadriculada em algumas partes. Deixei secar por 24.


A mesma textura feita na capa foi feita na contra-capa também.

Depois da secagem, a pintura foi feita com aquarelas líquidas, comas cores azul cyan, magenta e azul ultramar. Misturei as cores até obter vários tons, e deixei algumas partes da textura sem pintar. Aguardei a secagem e pintei a flor e as folhas com tinta guache.


Detalhe da flor pintada

Além da pintura do motivo com as tintas coloridas, fiz os contornos com tinta guache preta e um pincel linner. Só não contornei as florzinhas pequenas…


Detalhe da gravura

E, para finalizar, colei as serigrafias de borboletas, duplas, em relevo. O modelo de serigrafia, do meu ateliê é o modelo abaixo:

Serigrafia Borboleta

Gostaram? Espero que sim… Amanhã tem mais…