Arquivo da tag: colagem

QUADRO COM LINHAS

Olá, amigas (os), bom dia!

Segunda-feira é um bom dia para um post novo, vocês não acham?

E o trabalho que eu trouxe hoje é especial, é um trabalho a quatro mãos, feito por mim e pelo meu querido amigo e grande artesão Marcelo Darghan, um quadro de recados que ele montou com uma moldura de madeira forrada com tecidos e decorada com fitas, e eu fiz alguns apliques de desenhos com linhas para bordado coladas em papel artesanal:


Quadro porta-recados com decoração feita com linhas


Revista Artesanato Digital comigo, Darghan e Valdy



Esse quadro está na revista Artesanato Digital que fizemos em parceria eu, o Darghan e o Vlady, outro artista maravilhoso, especializado em técnicas com papel.

Nessa revista a proposta foi trabalharmos sempre em duplas, cada um de nós criou um trabalho para um dos outros continuar e recebemos mais um trabalho para finalizar. Eu recebi esse quadro do Marcelo e minha tarefa era finalizá-lo, e como a peça já estava pronta, decidi decorá-la, e como esse era um trabalho com foco em tecidos e fitas, imaginei que trabalhar com linhas seria uma ótima opção.

Fiz desenhos estilizados de flores em retalhos de papel artesanal, cortados com as mãos, de forma bem irregular. Depois colei esses retalhos de papel artesanal em pedaços de papel colorset coloridos, um de cada cor, e recortados um pouco menor que o espaço reservado para cada um deles no quadro. Essa montagem de papéis, depois de terminada a colagem com a linhas, deve ser fixada no quadro de recados com cola branca de boa qualidade ou com cola pano.

Para fazer as flores usei a técnica de colagem de linhas de bordado, dessa de novelos, próprias para bordado livre. A colagem foi feita da seguinte maneira: apliquei cola pano no papel, na área que iria receber a primeira cor de linha, sempre começando de dentro para fora, e fui aplicando a linha com a ajuda de uma ponteira, de forma a acomodá-la sobre a parte determinada, sobre a cola.

Por exemplo: para fazer a flor rosa, comecei colando o miolo central, em amarelo, depois as pétalas, em rosa claro, e por fim as pétalas em rosa escuro. Faça uma parte de cada vez, passando a cola aos poucos para que não seque. A ponteira ira ajudar a posicionar a linha corretamente. E prossiga, fazendo as folhas do mesmo modo.

Para finalizar, complementei os desenhos com uma caneta preta permanente, de ponta fina, fazendo os detalhes, como um contorno desencontrado, os filetes e galhos, detalhes das folhas e flores. Esse elementos complementam os motivos e deixam os desenhos ainda mais bacanas.
Experimentem fazer também, fica bem legal!


CADERNO DE PENSAMENTOS – 340

Oi, pessoal, boa tarde…

A semana de Seleção de Técnicas já passou, fiquei contente com o resultado e espero que vocês também tenham gostado…

Ainda vou colocar mais um vídeo dessa série aqui, eu gravei na verdade 9 vídeos e já publiquei 8 deles no blog, então aguardem as novidades…

As MINIAULAS que eu mesma porduzo em meu ateliê ficaram suspensas por um tempo devido a uns compromissos do meu filho (e camêra-man), mas voltarão também. Ah, e ainda vou postar o resultado do sorteio da semana de Seleção de Técnicas, ok?

Vamos ao post do dia:

Capa do caderno

Hoje eu trouxe uma sugestão de um caderno de pensamentos que fiz utilizando diversas técnicas de trabalhos em papel. As sugestões de técnicas aplicadas nas páginas desse caderno também podem servir como inspiração para vocês fazerem trabalhos variados como cartões, páginas de scrapbook etc. Como são várias páginas, vou publicar parte hoje e o restante amanhã.


Primeira página, feita com costura à máquina

Esse caderno tem um estrutura bem simples: a capa e a contra-capa foram feitas com papelão cinza, próprio para encadernação, forradas com um papel estampado. Fiz dois furos e a amarração foi feita com sisal. O caderno fica como uma pasta bem simples, e justamente por ser simples é que funciona: se você não tiver equipamentos específicos de encadernação, pode fazê-lo até mesmo com um furador de papel simples.


A primeira página eu fiz costurando retalhos de papel estampado sobre um papel branco mais encorpado, a máquina. Você pode usar sua máquina de costura comum para fazer esse trabalho, e hoje já existem no mercado alguns modelos de máquinas próprias para papéis também.

Eu imprimi o texto que procurei na internet sobre um papel canson de gramatura 180gr e também costurei o texto e uma serigrafia no centro da página. Depois “arrematei” o trabalho pregando um botão e bordando algumas palavras na página.


Página com aquarela e sal

Na página acima eu fiz uma pintura com aquarelas líquidas manchada com sal. Depois escrevi com aquelas maquininhas que a gente põe uma fita adesiva plástica e elas marcam as letras… até esqueci o nome.

Também colei a palavra PAZ sobre duas molduras duplas de papelão colorido, que é um material próprio de scrapbook. As páginas devem ser furadas na mesma posição da capa, para que tudo se encaixe bem…

Amanhã continuo mostrando esse caderno aqui, com mais sugestões de trabalhos em papel.