Tag: como pintar móveis

Como pintar móveis artesanalmente

Oi, pessoal, bom, dia!

Hoje eu vou “inaugurar” um novo espaço em meu blog, uma página de Dicas do Ateliê para diversas técnicas e ocasiões, com textos mais aprofundados para quem quer se aventurar em uma nova especialidade. Em breve irei criar na página de abertura do blog um botão com essas dicas, aguardem… O primeiro texto é sobre pintura de móveis, um dos temas mais procurados por aqui. Espero que vocês gostem… e aproveitem as dicas!


Móvel pintado com inspiração mexicana – post de n.234 de 22/08/2010

Dicas do Ateliê para Pinturas de Móveis

Preparo das peças:
* Antes de iniciar qualquer nova pintura é necessário retirar a tinta já aplicada, assim como resíduos de cera ou verniz. Esse procedimento é fundamental para que se obtenha um bom resultado.
* O primeiro passo é lavar a peça com água e sabão. Em seguida, aplique um produto próprio para retirar tintas, como o “Pintoff’’. Aplique o produto seguindo as instruções na embalagem, deixe agir por algumas horas.
* Raspe a tinta antiga com uma espátula. Utilize também palha de aço para ajudar na retirada da tinta amolecida.
* Lave a peça novamente e aguarde secagem.

IMPORTANTE: utilize avental, luvas e óculos para proteger os olhos ao usar produtos para retirar as tintas e tome bastante cuidado ao manusear seus solvente.

* Muitas madeiras escurecem depois de serem lavadas ou raspadas. Você pode usar água oxigenada ou outros produtos específicos para clarear madeiras após a limpeza dos móveis, com a madeira ainda úmida.

Mesmo que fique algum resíduo da tinta antiga e desde que seja apenas uma certa coloração e não “placas” de tinta, a nova pintura poderá ser feita sem problemas. As tintas cobrirão a superfície, e portanto cobrirão essas marcas da antiga pintura, mas se você deixar resíduos “físicos” da tinta original, a nova pintura poderá não fixar totalmente. Existem duas opções básicas de tintas para pintura os móveis: tintas acrílicas, que são solúveis em água e utilizam pigmentos em uma base de resina acrílica e oferecem uma cobertura mais superficial e suave ou tintas esmaltes, que possuem corantes em uma base de verniz, e que oferecem uma cobertura mais intensa e profunda.

Acabamento Final:

Utilize uma massa de acabamento para tampar furos e imperfeições das peças de madeira. Esse produto é encontrado em lojas de materiais para pinturas e deve ser utilizado sobre a peça j;a limpa, sem tinta e lixada. Aplique a pasta com uma espátula, retire o excesso, aguarde secagem e lixe com uma lixa fina para deixar bem rente. Veja na embalagem do produto as indicações de uso.


Mesa-aparador com pintura mexicana -post de n.238 de 26/08/2010

Tipos de Tintas Disponíveis para a Pintura Artesanal de Móveis

- A tinta acrílica é ideal para pátinas, satinês, decapês, aplicação de estênceis e para acabamentos mais rústicos. É mais fácil de usar e como seu solvente é água, não tem cheiro nem é tóxica. Além do mais, sua secagem é bem rápida. Observe que as tintas decorativas, próprias para pintura artesanal, como a da marca Corfix, que se chama Decorfix, são as indicadas, e são diferentes dos acrílicos vendidos para decoração de ambientes (pintura de paredes), e sobretudo diferentes de tinta látex ou PVA. A tinta látex ou PVA é uma resina orgânica. Extraída da seringueira, é um tipo de borracha, e por ser orgânica, é uma material que estraga com facilidade, por isso não são indicadas para pintura de móveis. As acrílicas decorativas são feitas com pigmentos especiais, de alta qualidade e resinas acrílicas, que não são tóxicas, não estragam e são muito resistentes ao tempo.
Acabamento: fosco-acetinado.
Prós: a base de água, não tem cheiro forte nem é tóxica, mais fácil de aplicar e utilizar. Própria para fazer pátinas, decapês e trabalhos com estênceis. Apresentadas em mais de 100 cores diferentes. Altamente resistente.
Contras: não cobre tão bem fundos brilhantes ou com camadas grossas de tinta, para cobrir fundos escuros são necessárias várias demãos, precisa de proteção com cera ou verniz suave após aplicação para não sujar, vêm em embalagens menores.

- A tinta esmalte oferece um acabamento mais resistente, porém é mais difícil de aplicar, são necessárias várias demãos para dar um bom acabamento e não deixar marcas das pinceladas. A base de solvente (tipo thinner ou aguarrás) tem cheiro forte e demora muito mais para secar. Como sua cobertura é mais intensa, é mais indicada para acabamentos brilhantes e semi-brilho e para cobrir madeiras escuras ou com resíduos de tintas que podem ser retiradas, peças laqueadas ou até mesmo fórmicas (desde que sejam porosas cou com alguma textura).
Acabamento: pode ser acetinado, mas em geral é brilhante.
Prós: altamente resistente, cobre bem qualquer superfície, brilho intenso (se desejado) e não precisa de verniz ou cera para proteção.
Contras: mais difícil de aplicar, a base de solvente tem cheiro forte e incômodo, marca muito as pinceladas se não houver cuidado nas aplicações, secagem lenta, necessita várias demãos.

- A tinta spray ou automotiva é uma tinta a base e solvente, que oferece um acabamento laqueado, de alto-brilho e bastante resistência. Especial para efeitos semelhantes ao da laca, é um tipo de tinta encontrado apenas em lojas especializadas em pintura, e não em lojas de artesanato. Sua aplicação requer alguma prática, e a peça deve estar muito bem preparada, com a superfície lisa e sem imperfeições e com um fundo de massa rápida, base própria para esse tipo de tinta. A vantagem de seu uso é que você pode aplicá-la em qualquer tipo de material e obter a mesma cobertura, não importando se a peça é calar ou escura.
Acabamento: brilhante.
Prós: altamente resistente, cobre bem qualquer superfície, brilho intenso e não precisa de verniz ou cera para proteção.
Contras: mais difícil de aplicar, precisa d evárias demãos e de um preparo mais cuidadosl da peça, tem cheiro forte e incômodo, não é muito econômica.

- O Médium Envelhecedor é um tipo de tinta particular, uma tinta própria para tingimentos, apresenta uma ótima pigmentação com uma base de resina acrílica transparente, ideal para pintar madeiras naturais e tonalizá-las, e também para fazer pátinas com sobreposição de acabamentos. Esse produto é encontrado apenas em lojas de artesanato e pintura decorativa, é da marca Corfix e Poe ser encontrado em 18 cores diferentes, sendo que muitos dos tons são cores de madeira como mogno, marrom madeira, amarelo ocre, marrom café e betume. Embora a embalagem seja pequena (60 ml), é um produto de alto rendimento. Deve ser aplicado na peça com ou sem pintura de fundo, limpa e lixadas em resíduos de cera ou verniz. Se você aplicá-lo sobre peças já pintadas, ele apenas dará uma tonalizada na cor que você escolher. Se a peça for de madeira natural ou crua o efeito é ainda mais interessante, um tingimento tonalizado. A base de água e com secagem rápida, é muito fácil de usar: você aplica com um pincel largo ou trapinho e retira o excesso em seguida com um paninho limpo. Para aumentar o rendimento, misture-o com o Gel Médium para Matizar também da marca Corfix.
Acabamento: fosco-acetinado com transparência.
Prós: a base de água, não tem cheiro forte nem é tóxica, seca rápido. Própria para fazer pátinas em tons naturais d emadeira e outros (são 18 cores)
Contras: como é transparente, não cobre totalmente os fundos. No entando, é indicada para tonalizar e não dar cobertura.


Aparador com pátina branca e estêncil – post n. 20, de 20/01/2010

Como Pintar um Móvel de Madeira (ou MDF) Escura com uma Cor Clara

Para pintar um móvel de madeira escura, envernizado ou já pintado com uma cor clara, como branco ou marfim, você deve, antes de mais nada, limpar a peça e retirar os resíduos de verniz e sujeira, com explicado anteriormente. Em seguida, limpe a peça e faça o restauro com uma massa própria para cobrir imperfeições e tampar furos, se necessário. Lixe novamente retire todo pó. Escolha o tipo de tinta que pretende usar, acrílica, esmalte ou spray, e pinte seguindo as orientações específicas de cada tipo de tinta. Se você quiser alta cobertura, prefira tinta esmalte, se preferir acabamento laqueado use a tinta spray e se quiser um efeito mais natural e rústico, fosco-acetinado, prefira a tinta acrílica decorativa (veja informações sobre cada tipo de tinta acima).

Outra opção é fazer uma pátina branca sobre a madeira escura, técnica que fica muito bonita e também é conhecida como satinê. Prepare a peça como indicado (limpe, retire resíduos de cera ou verniz e lixe). Aplique uma demão de cera incolor em todo móvel e aguarde secagem por alguns minutos. Aplique o Médium Envelhecedor na cor brancoe m toda peça, uma demão, sem excessos. Deixe secar bem e lixe com uma lixa grossa, fazendo com que o fundo escuro da madeira apareça por baixo da tinta branca. Limpe e passe uma flanela para lustrar. Outro produto que também pode ser usado para fazer o mesmo tipo de pátina é a tinta Decorfix Fosca branca, substituindo o Médium Envelhecedor.

A cera branca em pasta também pode ser usada para dar uma efeito diferente às madeiras escuras, porém sua cobertura é mais superficial.

Como Escurecer um Móvel de Madeira (ou MDF)

Para escurecer um móvel de madeira clara você pode usar o Médium Envelhecedor em um tom de madeira mais escura, como o marrom Café ou Betume, por exemplo. Se a peça não tiver nenhum tipo de pintura e estiver e m seu estado natural, esse método de pintura irá tingir e escurecer a peça com alguma transparência, deixando que se vejam os veios naturais do material original. Fica muito bonito e depois você pode apenas encerar, para proteger ou envernizar o móvel, se gostar de acabamento com brilho.

Observe que caso a peça tenha uma pintura branca com brilho, esmaltada ou semelhante a uma fórmica, o envelhecimeto criará um efeito interessante, porém a cobertura não será total.

Se quiser cobrir totalmente um móvel já pintado com outra cor mais escura, proceda com as etapas de preparo da peça e escolha a cor e o tipo de tinta (esmalte, acrílica ou spray) que deseja aplicar. Nesse caso você não terá problemas com a cobertura, desde que utilize umas das três opções de tinta com cobertura que citei acima (todas menos o Médium Envelhecedor).

Como Pintar com Cores Fortes ou Laquear um Móvel de Madeira (ou MDF)

Para laquear um móvel a tinta que deve ser utilizada é a tinta ducco, ou tinta automotiva. Essa última geralmente é apresentada na versão “spray”, uma vez que a laqueação deve ser feita com a aplicação de diversas camadas bem uniformes desse tipo de tinta, geralmente utilizando-se uma pistola própria para pintura. Não é um processo muito fácil, requer alguma prática, e para que se obtenha um ótimo resultado a peça deve ser preparada com a massa rápida, fundo próprio para esse tipo de tinta. Esses produtos são a base de solvente, tem cheiro forte e demoram um pouco a secar, por isso devem ser trabalhados em locais arejados, com o uso de máscaras próprias e proteção para as mãos e roupas.


79 Comentários 11 de janeiro de 2011

Peças de Madeira e MDF

- As peças de madeira vendidas hoje em dia normalmente são de MDF, que é um tipo de aglomerado, mistura de serragem e cola, por isso é mais liso e impermeável e não precisa ser lixado. A madeira natural é mais áspera, porosa e irregular, por isso precisa de lixamento e impermeabilização, que pode ser feita com uma base acrílica ou com goma laca. Peças que tenham MDF e madeira em partes distintas são mais complicadas de serem trabalhadas, uma vez que em cada parte o acabamento deve ser diferente e acabam ficando com acabamentos diferentes também.


12 Comentários 23 de março de 2008


Lista de Links

UM POST POR DIA

Durante todo ano de 2010 eu postei aqui no blog uma nova técnica por dia, com fotos, passo a passo, algumas com vídeos... Todos esses 365 trabalhos estão aqui, e você pode vê-los buscando no calendário abaixo (use as setas para recuar ou avançar nos meses) ou veja todas as técnicas já publicadas no link "Todas as Técnicas" acima. Aproveitem e naveguem por aí... Abraços e obrigada pela visita, Cristina Bottallo

 

julho 2014
S T Q Q S S D
« jun    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

LOJA DE CRISTINA BOTTALLO

PROJETO PASSO A PASSO

Arquivos

Tags

Anunciantes