Arquivo da tag: folk art

QUADRINHO COM ENVELHECIMENTO – 307

Oi, pessoal, bom dia…

Ando correndo demais esses dias e atrasando um pouco para responder aos comentários de vocês, mas sempre que tenho um tempinho procuro deixar as coisas mais em dia por aqui, então agradeço a compreensão de vocês. Estou muito contente porque tenho recebido novos contatos, pessoas que já visitavam o blog mas não escreviam e outras que estão começando a vistar agora e têm se apresentado, isso é muito legal!

Bom, o trabalho do dia é uma pintura em madeira, um trabalho que já mostrei aqui em outras versões, em caixinhas, e hoje apresento em um simpático quadrinho:


Quadrinho envelhecido

Usei uma tampa de caixa de MDF como moldura (uma boa opção quando não usamos a caixa inteira) e pintei esse motivo floral com tons de azul e lilás. A técnica de pitnura floral aplicada aqui é muito semelhante ao bauernmalerei, com pinceladas em vírgulas e com muito branco, para realçar os motivos, sobretudo após o envelhecimento. E pintei as lateriais dessa tampa também, como vocês podem ver abaixo:


Lateral do quadrinho

O envelhecimento é feito com o Médium Envelhecedor, que é uma tinta de alta pigmentação, porém com uma certa trasnparência, e por isso mesmo ideal para ser aplicada sobre outras pinturas. Esse produto deve ser aplicado e retirado em seguida, deixando a peça “tingida”. O efeito gasto e envelhecido é conseguido com um lixamento posterior, com toda pintura já bem seca, efeito que desgasta naturalmente a peça (eu particularmente gosto muito desse efeito).

Vejam o passo dessa técnica no link PROJETO PASSO A PASSO ao lado.

Por falar em envelhecimento, as pessoas sempre me perguntam sobre opções para pintar móveis antigos e dar uma cara nova às peças, sme muito trabalho, e essa técnica é perfeita para isso, porque pode ser aplicada em qualquer peça, de qualquer material, com ou sem pintura prévia e com resultados surpreendentes.
E esse produto aidna está disponível em várias cores.

Antigamente faziamos o envelhecimento apenas com o betume, que embora ofereça um efeito bacana também (amanhã vou colocar um post aqui com um envelhecimento feito com betume ara vocês compararem) tem algumas limitações, como a cor final, o fato de ser solúvel em aguarrás e aprsentar uma secagem bem mais lenta, além do cheiro forte.

Bem, é isso, pessoal, aproveitem as dicas e voltem amanhã para ver outra sugestão de envelhecimento.


FLORAL “FOLK ART” (SEGUNDA AULA) – 202

Oi, gente, bom dia…

Mais um dia de trabalho por aqui… Hoje vou gravar mais algumas miniaulas, e em breve elas estarão por aqui. Estou feliz com o resultado!

Bem, vamos lá… Ontem eu coloquei aqui um post falando da pintura folk art e coloquei um passo-a-passo da pintura de uma folha, e hoje segue o passo de uma flor. Mas antes vejam mais uma pintura com essa técnica:


Country com pássaros e flores

Como expliquei ontem, primeiro devemos preparar o fundo da peça, que no modelo acima foi feito com um esponjado. Veja como fazê-lo:

1. Lixe bem a peça e retire todo pó.
2. Com o pincel chato largo, aplique duas demãos de base acrílica para
artesanato, ligeiramente diluída em água, por toda peça, intercalando
secagem e lixamento.
3. Aplique, em seguida, duas demãos de tinta na cor marfim, também
intercalando secagem, mas agora sem lixar.
4. Com a esponja fina, faça um esponjado em toda a peça, utilizando a cor camurça. Em seguida, antes da secagem, repita o procedimento com a
cor marfim, de maneira que as duas cores se misturem. Deixe secar por
cerca de 1 hora.

Agora siga o passo da pintura de uma flor:


Fundo da flor

Transfira o risco para a peça já preparada (veja como fazer o esponjado acima). Comece preenchendo todo fundo da flor com a tinta acrílica branca. Aguarde secagem por alguns minutos.


Sombreado da flor

Em, seguida, peque um tom de azul claro e com um pincel de filamentos sintéticos chanfrado, sombreie cada pétala pelos cantos. Coloque a cor mais intensa desde o canto superior da folha e puxe a pincelada para dentro, de forma que ela vá “sumindo” até terminar em nada… Para facilitar, trabalhe também com o Gel Médium para Matizar no pincel, ele ajuda o pincel a deslizar mais facilmente.


Miolo da flor

Pinte o miolo da flor com um tom de amarelo claro (pode ser o amarelo ouro) e sombreie com um tom mais escuro, que pode ser uma mistura de amarelo com um pouquinho dó de laranja.


Contorno das flores

Com um pincel linner e a tinta acrílica branca, faça os contornos de cada pétala com traços interrompidos.


Detalhes do miolo

Para definir os miolinhos e detalhar as flores, pegue com um pincel linner e a tinta verde musgo e faça traços que devem sair do miolo em direção à extremidade das pétalas, sempre entre cada pétala. Depois pegue com o mesmo pincel as cores amarelo misturado com laranja e faça pontinhos no miolo, saindo do centro e em direção às extremidades. Esses “pontinhos” são como os pólens das flores.

Aguarde secagem completa por agumas horas e aplique cera em pasta incolor em toda peça, aguarde secagem por alguns minutos e lustre com uma flanela seca. A cera protege a pintura a dá um acabamento fosco aveludado, característico dessa técnica.

Bem, com o passo da folha e da flor já da para vocês começarem a praticar. Vou preparar o passo-a-passo da pintura do passarinho para colocoar aqui depois. Abaixo segue o risco com flores e folhas:


Risco da pintura “folk art”

Espero que vocês aproveitem a sugestão. E até amanhã…