• Dicas do Ateliê

    Entrevista Oficina de Artes Boracea

    Bom dia! Hoje eu apresento a última entrevista que fiz na Craft, e que mostra outra experiência diferente de trabalho com o artesanato. Assistam ao vídeo: A Oficina de Artes Boracea foi fundada e é administrada por pessoas que estavam em situação de risco e encontraram no artesanato uma alternativa de vida através do trabalho consciente e com consciência ambiental, uma vez que trabalham com objetos feitos com jornal. A Oficina é uma espécie de cooperativa, um grupo fechado de artesãos que criaram um método especial para se trabalhar com o material, criando peças exclusivas, com design diferenciado e acabamento primoroso, inclusive pela durabilidade, afinal eles pesquisaram um tipo de pintura bastante resistente, produzindo peças utilitárias variadas. As peças sµao muito bonitas, eu adorei! Oficina Boracea www.oficinadeartesboracea.com.br tel: 11 3337-3799 Contato – Mauro ou Márcia oficinadeartesboracea@ymail.com

  • Dicas do Ateliê

    Guia Bons Negócios – Como calcular o preço de venda de seu trabalho

    O Cálculo do Preço de Venda Essa é uma questão bastante importante, uma vez que quase sempre os artesãos não sabem como avaliar seu trabalho e calcular o preço de seu produto. É fundamental que o preço esteja de acordo com o mercado local e com o seu custo de produção e, por isso, você vai precisar levantar algumas informações. Para evitar possíveis erros de cálculo, você deverá levar em conta o preço de mercado dos produtos similares ao que você produz (se houver), o tempo de execução de cada peça e sua capacidade de produção. Para chegar ao preço final você deve calcular todo o gasto com os materiais que foram utilizados para a execução de determinada peça, levando em conta não apenas os custos diretos (preço da peça bruta, incluindo acabamento e apresentação), mas também os indiretos (gastos com energia, água, telefone, publicidade, aluguel do local de trabalho, se for o caso). Você deve então multiplicar esse valor por três para encontrar seu preço final de venda. Uma…

  • Dicas do Ateliê

    Entrevista com o Sebrae de Pernambuco

    Olá, pessoal, boa tarde. A entrevista que vou postar hoje foi com os consultores do Sebrae de Pernambuco, Gerlane e Alexandre. O Sebrae faz parte de um sistema criado em 1972 – Centro Brasileiro de Apoio à Pequena e Média Empresa ( Cebrae ) vinculado ao Governo Federal. A partir de 1990, a entidade transformou-se num serviço social autônomo, denominado Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae. Formalmente, trata-se de uma entidade civil sem fins econômicos, criada pela Lei nº 8.029, de 12 de abril de 1990, regulamentada pelo Decreto nº 99.570, de 9 de outubro de 1990, posteriormente, alterada pela Lei nº 8.154, de 28 de dezembro de 1990. O Sebrae-SP é uma entidade que tem em seu conselho administrativo representantes da iniciativa privada e do setor público. Essa composição visa sintonizar as ações que buscam estimular e promover as empresas de micro e pequeno porte com as políticas de desenvolvimento econômico e social. Constitui-se portanto, numa instituição que prepara os micro e pequenos empresários…

  • Dicas do Ateliê

    Entrevista Encantário – Mimos e Bibêlos

    Hoje eu trouxe a entrevista que fiz com a Ana, do Encantário, um sonho de ateliê. O Encantário é um projeto da designer e arquiteta Ana Lubianca Gersenzon, cuja proposta é unir conhecimento em design e arquitetura de interiores com peças exclusivas do tipo “hand made”. Seus trabalhos trazem inspiração dos tempos de sua infância, com muitos bibelôs diferentes, e sua loja, um sobrado restaurado de 1948, traz inúmeras surpresas para aqueles que a visitarem. Assistam ao vídeo abaixo: No Encantário você encontra acessórios,objetos de decoracão, adesivos de parede, roupinhas, lembrancinhas e muitos outros mimos e bibêlos criados pela própria Ana ou desenvolvidos por pequenas empresas, artesãos e ONGs de diversas cidades brasileiras. Para serem “encantados” todos os produtos do Encantário são feitos à mão. Os bordados, crochets, tricots e papier mache recebem nosso selo exclusivo “hand made for babies”. E a surpresa mais bacana dessa entrevista ficou por conta do convite que a Ana fez ao final: ela trabalha com a terceirização de mão de obra e está sempre…

  • Dicas do Ateliê

    Guia Bons Negócios – Oportunidades de vendas

    Guia Bons Negócios – Como montar seu próprio negócio em artesanato Por Cristina Bottallo A venda de seus produtos Vamos considerar que você já esteja trabalhando em sua própria produção e pretenda partir para sua comercialização. Veja a seguir uma série de sugestões de como atuar no mercado e várias dicas para você acertar nas vendas: 1. Participar de Feiras e Exposições de Artesanato Participar de uma feira de artesanato pode ser um excelente caminho para você divulgar e vender seus artesanatos. O público que frequenta as feiras costuma ser bem interessado e você não precisa investir muito, em geral há apenas uma taxa fixa de participação, já que a maioria dessas feiras é organizada em locais públicos e pelas prefeituras, embora existam também feiras em eventos, shoppings e até mesmo em empresas. Para participar dessas feiras, sobretudo as realizadas em locais públicos, normalmente é feita uma seleção pelo órgão que a organiza para que o artesão comprove que realmente faz os produtos que pretende comercializar. O artesão deverá também…

  • Dicas do Ateliê

    Entrevista com Alessandra Bizzetto

    Continuei minhas entrevistas na Craft e acabei encontrando uma artesã muito bacana, com uma história muito, muito interessante… O mais curioso é que eu encontrei a Alessandra por acaso – fiz todas as entrevistas na Craft na hora, passeando pela feira, sem combinar nada. Eu já tinha visto uma matéria com a Alessandra no Suplemento Feminino, caderno dominical do jornal O Estado de São Paulo. Na ocasião achei a história dela muito interessante, uma advogada que largou o direito para virar artesã. E, para completar, a Júlia, minha “cinegrafista”, que também é designer e já havia participado da Craft com a equipe do Design Possível, conhecia a Alessandra de outros eventos, então foi fácil… ela é muito simpática, e suas tiaras são muito bacanas, uma ideia e tanto! Alessandra Bizzetto vem fazendo arte desde 2003 quando deixou a advocacia para fazer o que realmente gostava: “inventar moda”. Estudou então estilismo na FAAP além de cursos técnicos de ourivesaria em Milão e Londres. E é desses e outros lugares em que…