Arquivo da tag: pintura

Pintando um Papai Noel

img_1483-1

Hoje é dia de nova série de vídeos em meu canal no youtube, estréia o “No ateliê com a Cris”.
Nessa série de vídeos eu vou apresentar meus trabalhos feitos em tempo real mas acelerados, para que vocês possam acompanhar e criar seus próprios trabalhos com minhas sugestões.

E como estamos chegando perto do final do ano, resolvi preparar algumas peças de decoração de Natal com uma das fortes tendências do craft, bordados em bastidor, e, nesse caso, combinados com pintura.

Para fazer a pintura, você vai precisar de tecido de algodão cru lavado, um cartão com cola permanente (apenas para o tecido não correr e a pintura não borrar), pincéis de filamentos sintéticos chanfrados e pincel pata de vaca, o risco em papel vegetal, carbono e uma ponteira.

Os riscos estão aí abaixo, e aqui no vídeo você pode acompanhar o trabalho.
Ainda esse semana, na quinta, dia 17/11 vai ao ar o segundo vídeo, bordando.

img_1447

E para o bordado você vai precisar de linha mouliné (de meadas) preta e vermelha, agulha para bordado, bastidor, tesoura.
Os pontos utilizados nesse projeto foram ponto atrás, ponto reto e nó francês.

Continue acompanhando em meu canal os novos vídeos, em breve irei postar mais ideias nessa mesma linha.
Inscreva-se no canal para não perder nenhuma atualização!

img_1838-1

img_1839-1


Meu post preferido em agosto passado…

Olá, pessoal, bom dia!

Eu tinha dado uma “paradinha” nas minhas reedições dos posts preferidos do ano passado, mas hoje eu retomo, e até o final de janeiro quero republicar todos. Hoje vai o meu preferido em agosto. Essa cadeira está na minha sala Frida Kahlo, em minha casa, e a técnica é uma estamparia em tecido, pintura que adoro fazer.

Continuando a série, hoje vou mostrar como ficou uma cadeira de balanço que herdei da minha avó materna, a “vó” Lourdes:


Cadeira com tecido pintado a mão

Essa cadeira fazia parte de um jogo de cadeiras de terraço que meus avós tinham em casa desde antes de eu nascer. E como as coisas daquele tempo eram (são!) muito mais resistentes, as cadeiras sobreviveram e foram distribuidas pela família (a que ficou comigo está na minha sala Frida Kahlo, é claro!). Só o tecido original acabou sendo trocado há uns anos atrás, e depois eu resolvi subsitituí-lo por esse outro tecido pintado por mim. E a estrutura de madeira da cadeira foi restaurada de um jeito bem simples: como a madeira original é de muito boa qualidade, apenas lixei com uma lixa média e depois passei uma demão de Médium Envelhecedor na cor marrom madeira. Para finalizar e proteger a pintura, cera em pasta incolor.

O tecido escolhido para fazer a pintura foi a lonita na cor cru. Naturalmente tinha que ser um tecido mais grosso e resistente, e antes da pintura é fundamental lavar o tecido para retirar todo resíduo de goma. E para facilitar a pintura, prenda o tecido na mesa de trabalho forrada com uma plástico branco com fita crepe.


Cadeira antes da troca pelo tecido pintado a mão

Para fazer essa pintura as tintas para tecido são ligeiramente diluídas com água para que se espalhem mais facilmente e rendam mais. Comece pintando os motivos menores. No modelo que escolhi para decorar a cadeira os motivos são quadrados e corações em diversas cores. Se preferir, faça um leve esboço no tecido desenhando a lápis os contornos principais dos motivos, sem detalhar demais. Preste bastante atenção para espalhar os motivos de maneira uniforme, mantendo o mesmo padrão de distância entre os desenhos por todo tecido.


Detalhe ampliado do tecido pintado

Utilize pincéis de cerdas duras, chatos e em tamanhos adequados a cada área a ser pintada. Da mesma maneira que fez com os desenhos, distribua bem as cores, observando que os tons de azul devem ser predominantes (ou outra cor de sua preferência) e, naturalmente, não utilize a cor escolhida para pintar o fundo na pintura dos motivos, utilize sempre cores contrastantes. Ah, e uma observação importante: aguarde a secagem dos motivos pintados antes de pintar o fundo. Após a secagem, vá preenchendo os espaços vazios com a cor escolhida para o fundo (no caso, vermelho).

Para finalizar, contorne os motivos com traços soltos, gestuais, utilizando tinta para tecidos preta mais diluída e aplicada em frascos com bico aplicador. Observe que esses traços não são contornos, são desenhos feitos a mão livre acompanhando os motivos já pintados.

E depois, com o tecido pintado, vocês poderão fazer as peças que quiserem, como uma cadeira, capa de sofá, almofadas, colchas e até mesmo roupas.

Se você gosta de pintura em tecidos, vai gostar das revistas com técnicas que ofereço na LOJA do meu site:


Revistas de Pintura em Tecidos