Arquivo da tag: pintura em cerâmica

Mais vasos de parede

Oi, pessoal, bom dia…

No dia 22 de janeiro passado eu me apresentei no programa Tudo Artesanal, com o Peter Paiva, na TV Aparecida. No dia da apresentação, um sábado, eu postei aqui uma chamada com a foto da peça, mas fiquei devendo o passo e mais fotos, de um outro modelo que fiz, então hoje vou postar essas imagens e texto dessa aula.

Ainda tenho um monte de posts “atrasados” para publicar, então aí vai o primeiro deles:


Esse é o vaso que ensinei pronto


Essa é lateral do vaso acima

Materias:
– Vasos de cerâmica vermelha com furo atrás para fixá-lo na parede
– Tintas acrílicas Decorfix Fosca nas cores: azul celeste, verde kiwi, tangerina, laranja vivo, amarelo claro, branco e preto
– Verniz Acrílico Brilhante Corfix
– Faça-bolinhas
– Pincel redondo sintético Pinctore Tigre ref. 442 n.12
– Pincel linner Pinctore Tigre ref. 440 n.4
– Pincel chato de pelos macios Pinctore Tigre ref. 183 n.22
– Risco no papel vegetal, carbono e ponteira
– Paninhos de limpeza
– Pratinho descartáveis

Modo de Fazer:
– Limpe bem a peça e remova o pó. Se necessário, lixe suavemente o vaso com uma lixa fina para retirar possíveis imperfeições da peça.
– Transfira o risco para o vaso com o carbono.
– Inicie a pintura pelas asas da borboleta, pintando-as de azul celeste (superiores) e verde kiwi (inferioires). Utilize o pincel redondo
– Pinte o corpo da borboleta com o tangerina e os detalhes das asas com o laranja vivo.
– Pinte os círculos ao redor da borboleta com o amarelo levemente escurecido com o laranja.
– Pinte as bordas do vaso com as cores tangerina e azul celeste.
– Faça as bolinhas utilizando o faça-bolinhas e as tintas branco, amarelo e laranja. Deixe secar.
– Contorne a borboletas e os círculos amarelos com a tinta preta, levemente diluída com água, utilizando o pincel linner.
– Deixe tudo secar bem e aplique de 2 a 3 demãos do verniz acrílico brilhante pela peça, intercalando secagem, utilizando o pincel de pelos macios.

Uma boa ideia é colocar dois ou mais desses vasos juntos, na parede, com diferentes tipos de plantas. E procure pintar cada um deles com motivos diferentes também. Veja abaixo uma sugestão com flores. Eu fiz os desenhos a mão livre, por se tratarem de desenhos mais simples. Mas, se você preferir, poderá transferir um risco para a peça utilizando carbono. O risco da borboleta segue abaixo.


Outro modelo, esse com flores


Uma das laterais do vaso com flores


Outra lateral

E, por fim, segue o risco da borboleta:


VASO COM FIGURAS COLORIDAS – 287

Olá, pessoal, boa tarde…

Hoje eu vou postar uma das peças da decoração do meu novo ateliê e que vale também como uma sugestão bacana para vocês renovar algum vaso, cachepô ou floreira que tenham em casa:


Vaso com figuras coloridas

Eu realmentei aproveitei uma peça que já estava na casa que eu encontrei para montar emu ateliê, uma floreira de amianto bem antiga e suja. Olhei para a peça e logo imaginei uma pintura bem colorida,e foi o que fiz. Vejam algumas fotos de antes e depois abaixo:

Nas fotos acima vocês podem ver a peça antes da pintura, como eu a encontrei. Apenas lavei e sequei bem. Depois passei duas demãos de látex branco, aproveitando as tintas que estava usando para pintra o mural – eu fui pintando esse vaso durante a pintura do mural.

Também usei massa epóxi para remendar alguns pedaços quebrados na borda do vaso, mas nem fiz um acabamento muito cuidadoso, apenas coloquei a massa, deixei secar, lixei um pouco e pintei com a mesma tinta látex.

Depois fiz alguns desenhos bem simples a lápis, de formas geométricas e figuras simples, como círculos, corações e outros detalhes assim. E fiz a pintura com as mesmas tintas látex que usei para a pintura do mural. Optei por um látex acrílico semi-brilho, que é melhor para áreas externas, mais durável e resistente.

Depois de pintar todas as figuras, aguradei secagem e contornei os motivos com tinta látex preto.

Mas o trabalho ainda não havia terminado, para dar acabamento e proteger a pintura, passei um demão de liqui-brilho, que é um tipo de verniz acrílico, a base de água, próprio para pintura de paredes e fachadas. No vaso eu apliquei o produto puro, sem diluição. No mural eu apliquei esse liqui-brilho também, só que diluído com água, na proporção de 50% de água para 50% do produto.

Com a aplicação desse produto a peça fica com um brilho bem bonito, o que realça ainda mais as cores da pintura, sem contar que a proteção do verniz protege e garante que a peça dure por muito mais tempo mesmo exposta ao tempo. E de vez em quando é possível reaplicar o liqui-brilho como manutenção.

Vejam ao lado as quatro faces do vaso, cada uma delas com desenhos e cores diferentes. Espero que as cores da peça sirvam de inspiração para vocês também renovarem algunobjeto de decoração da sua casa, como podem ver é simples e o resultado é bem legal…

Bem, por hoje é isso, pessoal, até amanhã!